Spotify lança nova aposta: músicas para o seu bichinho de estimação

Todo pai ou mãe de pet se sente mal ao deixar o seu bichinho de estimação sozinho em casa na hora do expediente ou durante uma viagem curta. Para que nenhum animal se sinta mais sozinho sem o seu dono por perto, o Spotify inovou ao lançar, nesta quarta-feira (15), um serviço de criação de playlists especiais para pets, disponível para assinantes e usuários do modo gratuito do serviço.

A nova ferramenta funciona da seguinte maneira: você acessa o site Pet Playlist e responde algumas perguntas básicas sobre a personalidade do seu bicho de estimação, podendo ele ser um cachorro, gato, hamster, pássaro ou mesmo uma iguana. A partir dessas informações, o Spotify prepara uma playlist baseada tanto no jeitão do animal quanto no seu gosto musical.

E é isso. A ideia, claro, parece pura jogada de marketing – tanto que o próprio serviço admitiu que não pode adivinhar com exatidão quais músicas o seu animalzinho gosta de ouvir – se é que elas existem: “Ainda que ‘músicas para pets’ não seja uma ciência exata, nós consultamos experts na indústria animal para criar a melhor aproximação para o que deve funcionar para nossos animais”, diz o Spotify.

A iniciativa foi baseada numa pesquisa com mais de 5 mil donos de pets nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Espanha e Itália. Entre os entrevistados, 71% dos entrevistados afirmaram tocar músicas para os seus animais e 55% deles disseram acreditar que os seus bichos possuem o mesmo gosto musical que eles.

Casas inteligentes que utilizam Domótica para melhorar a qualidade de vida de seus habitantes

062493_004

A domótica é um conjunto de tecnologias aplicadas ao controle e automação inteligente de uma obra de arquitetura. Seus diferentes sistemas permitem uma gestão eficiente do consumo de energia, segurança, acessibilidade e conforto geral do edifício, tornando-se uma questão importante a considerar ao projetar, construir e habitar.

Os sistemas domóticos são baseados na coleta de dados por sensores, que logo são processados para emitir ordens precisas aos executores, variando a qualidade ambiental de cada espaço de acordo com as necessidades do usuário. O ritmo da vida atual e os avanços tecnológicos que experimentamos nos últimos anos levaram a novas formas de viver, motivando o projeto de residências e edifícios mais humanos, multifuncionais e flexíveis.

Conheça algumas Casas inteligentes que utilizam Domótica

Casas inteligentes que utilizam Domótica

Casa do Futuro de Baitasi

A Casa do Futuro de Baitasi está localizada em uma área histórica de Pequim. O cliente é uma empresa de tecnologia voltada para residências inteligentes. O objetivo é criar casas experimentais que se encaixem no futuro estilo de vida e nos jovens. (…) Os módulos móveis são controlados por uma Smart TV. Este sistema de TV também controla a iluminação, cortinas, alarme de segurança e outras aplicações domésticas.

Casas inteligentes que utilizam Domótica

Casa Piscina 

O bloco de madeira central concentra as unidades de ar condicionado, os painéis elétricos, o banheiro, a despensa, um depósito para mais de 2.000 DVDs, o sistema AV e uma divisão acústica. Esta unidade é coberta com um laminado de madeira para conseguir uma aparência única. (…) Para alinhar com o vocabulário arquitetônico, o projeto de interiores também tinha que ser característico. Painéis de madeira ocultam completamente todos os dispositivos eletrônicos.

Casas inteligentes que utilizam Domótica

The Apartment of the Future –

Nos dispositivos eletrônicos mais recentes, como telefones celulares, tablets e laptops, cada vez mais mecanismos e programas multifuncionais avançados são incluídos em carcaças cada vez mais simples. Adotamos um esquema semelhante ao criar o conceito do apartamento. (…) As bancadas, mesas e camas podem ser estendidas dos armários para redefinir a forma e a função do interior. Além disso, ao esconder todas as funções auxiliares e tecnológicas nos gabinetes, dispositivos eletrônicos e equipamentos internos podem ser trocados sem um grande impacto na estética do interior.

 

Integrar a área de churrasco com home theater é uma proposta cada vez mais aderida! !

Unir a área de churrasco a uma sala de tv ou a um home theater específico como o projeto que veremos hoje é uma proposta cada vez mais aderida!
A ideia garante uma área de lazer mais completa e versátil – perfeita para ver shows, jogos, tv ou até mesmo relaxar, criando dessa forma várias atmosferas num mesmo espaço, já que nem todos curtem ficar o tempo todo sentado na mesa…


Existem diversas formas de integrar a sala de tv/home theater a área de churrasco e hoje vamos ver esta que possui portas de correr e oferece a opção de ser fechada quando desejado.

O décor é bem contemporâneo com uma vibe urbana, masculina e rústica. A cor cinza predomina o ambiente. O acabamento dos elementos é sem brilho/fosco, incluindo a mesa de madeira que atua como ponto de destaque no ambiente.

O décor do home theater segue com a mesma proposta e o que mais gostei nele foi a iluminação uplight e os sofás modulados que permitem várias disposições no ambiente!

110 ‘Dolcevita – O flybridge que definiu a era

Majestosa como a obra de arte que ela é, tão cintilante quanto a época mais mágica da história moderna, 110 ‘Dolcevita é a nova capitânia de fibra de vidro da Riva, a mais recente obra-prima a adotar a renovada frota de flybridge.

Fruto de uma colaboração entre a Officina Italiana Design e o departamento de engenharia do Grupo Ferretti, esta maravilha náutica é um flybridge de beleza sem limites. Ela é uma grande criação em todos os sentidos – por seu impacto visual de tirar o fôlego, por sua mistura inigualável de estética, comodidade e alta tecnologia, e pela experiência de cruzeiro de elite que ela proporciona.

4 tendências para projetos de casas inteligentes

As casas inteligentes já são realidade. Cada vez mais a automação ganha espaço nos projetos de casas e prédios para incluir equipamentos e sistemas que modernizam diversas atividades, como o controle da iluminação do ambiente e a segurança dos empreendimentos. Ou seja, há uma demanda em alta no mercado para migrar as soluções já existentes em automação predial para as casas, focando no aumento da segurança, conforto, acessibilidade e sustentabilidade.

Neste post, vamos acompanhar quatro tendências para projetos de casas inteligentes com automação residencial. Confira:

4 tendências para projetos de casas inteligentes

Interfaces amigáveis

É importante considerar que o cliente não está acostumado com programações complexas. Assim, os sistemas utilizados em casas inteligentes devem ter interfaces amigáveis, de fácil manuseio e comandos simples. Por exemplo, poder comandar diversas funções da casa com o seu próprio celular, tablet ou com apenas um controle remoto universal. O projetista e o instalador têm que ficar atentos às características de cada cliente, afinal, a automação residencial acompanha o estilo de vida e as preferências de cada usuário.

Integração entre sistemas

A integração deve ser uma das principais preocupações dos profissionais. Quando os equipamentos de um sistema de automação residencial trabalham sem comunicação entre si, o resultado é uma grande confusão operacional com dispêndio de recursos e similaridade de funções.

Um exemplo disso é quando os subsistemas de circuito fechado de TV e de home theater não estão interligados. O morador é obrigado a ter monitores para cada função, o que duplica o custo de aquisição, manutenção e cabeamento, além de gerar maior consumo de energia e prejudicar a organização dos móveis e eletros.

Para evitar essas situações, existe a figura do “integrador de sistemas”, profissional que tem o objetivo de projetar, instalar e compatibilizar os projetos, além de se comunicar com os profissionais envolvidos, buscando atingir todos os benefícios que a automação residencial pode oferecer. Atualmente, diversos fabricantes e entidades oferecem certificações para formar estes profissionais, pois essa nova função requer um conhecimento amplo e multidisciplinar.

Soluções com ou sem fio

Nos projetos de automação residencial existem soluções cabeadas, sem fio e mistas. Essa diversidade ajuda a introdução da tecnologia em residências já construídas, diminuindo a necessidade de grande obras (quebra-quebra).

4 tendências para projetos de casas inteligentes

Custo em queda

Com a popularização de soluções para casas inteligentes e a entrada de vários fabricantes no mercado, o custo das tecnologias de automação residencial ficaram menores. Antes restrita à uma pequena parcela de residências de alto padrão, a automação residencial começa a ser economicamente viável, tornando-se um bom negócio para toda cadeia envolvida – fabricantes, projetistas, construtoras, clientes.

Vimos nesse post que a automação residencial requer novas habilidades e tecnologias. Para acompanhar esse novo cenário, o projetista precisa mudar a forma de pensar o projeto de instalação elétrica. O mercado brasileiro ainda precisa superar muitas dificuldades, como a falta de padronização de produtos e de mão de obra especializada. Abrir caminho para esses novos conceitos, no entanto, é a chance de se agregar valor aos projetos e aos imóveis. Acompanhe aqui no blog mais informações sobre o assunto.