Som ambiente: suas músicas em cada ambiente da sua casa

Alguns anos atrás, falar da possibilidade de distribuir, ao longo de sua casa ou imóvel comercial, diferentes tipos de áudios para cada ambiente, era considerado um sonho – tanto pela falta da tecnologia adequada para esta finalidade, quanto por causa dos altos custos relacionados com essa ideia.

Hoje, entretanto, o processo de automação de áudio – e até vídeo – é uma estratégia que está se tornando cada vez mais comum nas residências aqui no Brasil. Já é possível, portanto, caminhar por sua casa e escutar, por exemplo, suas músicas favoritas em diferentes ambientes.

Se você ficou interessado em explorar melhor estes benefícios oferecidos pela tecnologia de automação residencial, nesse artigo vou lhe contar um pouco mais sobre essa técnica.

INVISTA NA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

INVISTA NA AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL NO CÔMODO MAIS IMPORTANTE DO ÁUDIO E VÍDEO NA SUA CASA: A SALA DE TV

Falar de automação de áudio e vídeo e não mencionar a sua sala de TV é praticamente impossível. Esse é o cômodo da sua casa que, sem sombra de dúvidas, mais se beneficia da chegada dessa tecnologia nas residências em todo o país.

Imagine se fosse possível acionar o seu Home Theather para ligar a TV no canal que você deseja, ou tocar a música que você quer ouvir, com a ajuda do seu celular ou do tablet? Tudo isso é possível com a ajuda da automação, que tornará a tarefa de conectar na sua atividade de lazer preferida ainda mais fácil – basta apenas um clique e, pronto, é só sentar e curtir aquele momento de relaxamento e descontração.

Som ambiente: suas músicas em cada ambiente da sua casa

SONORIZE NÃO SOMENTE A SUA SALA, COMO TODA A SUA CASA

Você não precisa sonorizar apenas a sua sala de TV – especialmente se é um apaixonado por músicas e escuta diferentes artistas ao longo de sua rotina diária. É possível também, com a ajuda da automação, distribuir caixas acústicas pela casa, sonorizando os diferentes ambientes que você escolher, até mesmo com músicas diferentes. Tudo isso é devidamente combinado com a decoração do local, não interferindo nas características dos cômodos.

Dessa maneira você poderá aproveitar uma boa música quando estiver cozinhando, relaxando no quarto ou até mesmo tomando um banho. Não é uma boa ideia para quem não vive sem uma trilha sonora?

Som ambiente: suas músicas em cada ambiente da sua casa

EXPLORE AS VANTAGENS DA TECNOLOGIA NESSE SETOR

Os aparelhos que permitem a automação de áudio e som na sua casa estão cada vez mais modernos e fáceis de se usar e conectar em uma rede wi-fi local. Não somente a sua televisão, Home Theather ou aparelho de som são capazes de favorecer esse processo de automação na sua casa, como também modernidades como o apple TV e o Chromecast podem – e devem – ser usados nessas atividades.

Os videogames também podem ser devidamente automatizados no sistema da sua casa, especialmente porque muitos deles já fazem a tarefa de servir como o aparelho de som ou de vídeo de determinadas casas. Dessa maneira, você pode aproveitá-los tanto para jogar, como para ver a sua série favorita ou escutar aquela música que você adora.

 

TRANSFORME SUA CASA EM UM AMBIENTE DE LAZER IMPLACÁVEL

Automatizar o sistema de áudio e som da sua casa é transformar a sua residência em um local de lazer imbatível. Ele se torna perfeito para você assistir a uma partida de futebol com os amigos, como para prestar um bom serviço de som para uma reunião de colegas ou família na sua casa. Tudo isso, você pode acessar com apenas a ajuda de um botão no seu celular ou no seu tablet. O que era sonho anteriormente, agora virou realidade!

Ambientes corporativos: Tendências de decoração para 2018

Carnaval terminou e, com ele, a promessa de dias melhores tanto na vida pessoal quanto na vida profissional. Começar um novo ciclo é sempre sinônimo de mudança e renovação, não é mesmo? Seja em casa ou no trabalho, o importante é se sentir bem! A decoração de ambientes corporativos é de extrema relevância neste quesito, já que por meio dela é possível organizar os espaços para que proporcionem aos colaboradores bem-estar e conforto no local em que trabalham.

Vamos conferir 6 tendências de decoração para ambientes corporativos que prometem vir com tudo em 2018.

1. Ambientes mais abertos

Para evitar cada vez mais a verticalização da gestão, uma forte tendência que já vem sendo praticada e continua neste novo ano é a adoção de ambientes mais amplos, abertos, espaçosos e unificados.

A figura do chefe em uma sala separada caiu em desuso há bastante tempo e agora os colaboradores ficam todos reunidos em um mesmo local, com possibilidade e facilidade de interação entre eles.  Separe apenas uma sala para reuniões e comunicados importantes com a equipe inteira, caso seja necessário. Ela deve ser ampla e arejada, pois também poderá servir para receber clientes e autoridades.

Mobiliário

As antigas divisórias que segregavam as pessoas foram substituídas por mesas grandes e compartilhadas, capazes de acomodar toda a equipe de trabalho. Em forma de círculo ou dispostos lado a lado, todo mundo divide o mesmo espaço. Os modulados são uma excelente opção para cumprir o propósito, pois podem ser feitos sob medida e de acordo com o gosto e necessidade de cada grupo de colaboradores.

2. Cores neutras

Outro ponto forte para 2018 na decoração de ambientes corporativos é a preferência por cores claras, neutras e em tons pastel. Elas causam uma sensação de conforto para quem tem de ficar muitas horas dentro do mesmo espaço, concentrado no trabalho e nos afazeres do dia a dia.

Uma boa dica é usar a cor do logotipo da empresa para reforçar a marca, mas variando para os tons mais claros na paleta de cores. Assim é possível fixar a marca no imaginário dos trabalhadores e clientes, além de oferecer conforto visual aos que frequentam o espaço.

A aposta

Ano passado o rosa reinou entre os tons claros mais utilizados, mas agora a aposta é uma variação: o cinza rosado. Além dela, os tons suaves de verde e azul serão tendência em 2018. Esqueça os tons fortes e pesados e privilegie a beleza das cores mais pálidas.

A SMART.TOUCH OFERECE SOLUÇÕESCOMPLETAS EM ÁUDIO E VÍDEO PARA SALAS DE REUNIÕES, TAIS COMO MESAS DE SOM, AMPLIFICADORES, MICROFONES, TABLETOP, CAIXAS DE SOM, HOME THEATER, PROJETORES, TELAS DE PROJEÇÃO, CABOS, SISTEMAS ESPECIALIZADOS PARA VIDEOCONFERÊNCIA E SISTEMAS QUE COMANDAM E INTEGRAM ESSES EQUIPAMENTOS.

3. Iluminação natural

Por vivermos em um país tropical, em que o ano todo faz sol em grande parte do Brasil, é possível usar e abusar da iluminação natural na decoração de ambientes corporativos, especialmente se a construção tiver grandes aberturas, como janelas grandes.

A luz natural combinada com cores claras traz leveza e serenidade ao local de trabalho, permitindo com que os colaboradores passem horas sem o sentimento de peso e cansaço ao final do dia.

Não tem nada pior do que terminar um dia de trabalho intenso e se sentir com a cabeça estar pesada, sem vontade de voltar à empresa no dia seguinte. A preocupação por deixar o ambiente corporativo cada vez mais agradável é justamente por este motivo. É preciso que o funcionário sinta-se tão bem no local a ponto de não notar as horas passarem.

4. Móveis ergonômicos

Conforto é a palavra de ordem. Agora os móveis podem ser ajustados de acordo com o gosto de cada colaborador, para que ele se sinta o mais confortável possível no ambiente de trabalho. As mesas podem ser ajustadas na altura e as cadeiras possuem design diferenciado.

Os armários, para ocuparem menos espaço, possuem portas de correr, e não mais aquelas de abrir e fechar para fora. O interior das estantes também pode ser modificado de acordo com a necessidade, pois as prateleiras passam a ser móveis. Não é demais?

Saúde do colaborador

O design especial e a ergonomia dos móveis corporativos também contribuem para o bem-estar e a saúde do colaborador. As queixas referentes a dores lombares, de coluna e posturais diminuem consideravelmente e a produtividade só tende a aumentar.

5. Recursos sustentáveis

A preocupação com o meio ambiente está cada vez mais forte atualmente, e quanto mais for possível minimizar esse impacto, melhor para as gerações futuras.

A sustentabilidade é um forte conceito nas tendências de decoração para ambientes corporativos. Um exemplo prático deste conceito é a utilização de lâmpadas de LED, pois além de possuírem maior vida útil, produzem energia de forma mais eficaz.

Segundo dados de pesquisas a luz incandescente pode durar até 1000 horas e a fluorescente cerca de 10 mil, enquanto o LED consegue funcionar por até 50 mil horas, reduzindo drasticamente os gastos com trocas de lâmpadas.

Para evitar o desperdício e estimular o uso consciente da água, adotar torneiras e descargas ecológicas também são maneiras de contribuir com a sustentabilidade do planeta.

6. Espaços de convivência

Quanto mais confortável e prazeroso for o local de trabalho, consequentemente, mais produtivo ele também será. Há uma forte tendência atualmente de construção de áreas de recreação e espaços de convivência nas empresas, em que os colaboradores podem ter um momento de descanso e também de lazer, com salas de jogos, lanchonete e cafeteria, quadras esportivas, ambientes de leitura e até cinema.

Algumas empresas, mais modernas e descoladas, possuem até quartos para quem quiser tirar um cochilo no meio do expediente, com frigobar, banheiro com ducha e camas super confortáveis. Quem é que não quer trabalhar em um lugar assim?

 

 

COMO TER UM BOM SOM AMBIENTE EM CASA

É sempre recomendável entregar o projeto de sonorização a um profissional especializado, para não correr o risco de danificar algum equipamento. Dependendo da grandiosidade do sistema, a instalação pode se tornar bem mais complexa, o que exige conhecimento técnico avançado.

Para sonorização de áreas extensas, é importante o uso de cabos de maior diâmetro, que proporcione a mínima degradação do sinal em longos percursos. E nunca conduza o cabeamento de áudio junto à fiação da rede elétrica e antena coletiva do prédio, para evitar o risco de interferências.

 

Se você deseja sonorizar acima de três ambientes com sons distintos e melhor desempenho, dê preferência para sistemas multiroom dedicados, que são mais flexíveis em termos de ajustes. Uma vez programados são mais fáceis de operar e ainda incluem todos os acessórios necessários, tais como painéis de parede, controles remotos e emissores de sinais IR.

Quando possível, procure planejar a instalação de um sistema de som ambiente logo durante as obras de construção da residência. Com isso, é possível evitar futuras dores de cabeça com reformas após a passagem da tubulação de fios e cabos e a instalação de acessórios, como emissores, painéis de parede e atenuadores de volume.

SOLUÇÕES EM SOM AMBIENTE. CONSULTA A SMART.TOUCH EM SANTOS

Solução sem fio para som ambiente em sua casa

Da Contro4 o destaque vai para o amplificador estéreo de 50W por canal, que tem como diferencial a tecnologia
Wi-Fi para receber sinais de áudio digital por streaming vindos, por exemplo, do controlador multiroom HC300,
dispensando a passagem de cabos pela casa. O dock para iPod/iPhone pode funcionar como uma central, permitindo o acesso  às músicas a partir de qualquer ambiente, via cabo de rede e conexão vídeo componente.

Como reduzir consumo de bateria do iPhone no iOS 11

O iOS 11 é o mais novo sistema da Apple para iPhones. Se o seu aparelho já está ficando antigo e a bateria não dura tanto quanto antes, você pode fazer alguns ajustes para melhorar essa situação.  O novo iOS mudou a forma como Wi-Fi e Bluetooth são desligados. Quando você os desativa pela central de controle, o menu que aparece quando deslizamos o dedo de baixo para cima da tela, eles apenas desconectam o seu aparelho de outros dispositivos. Para desligá-los efetivamente, você precisa ir ao menu Ajustes do sistema e desativar suas respectivas opções.

Wi-Fi Assist

O Wi-Fi Assist é um recurso que ajuda seu smartphone a estar sempre conectado à melhor rede disponível, seja ela Wi-Fi ou a da sua operadora–o que pode causar gastos não previstos do seu pacote de dados. Além do impacto no seu 4G, esse recurso também gasta a bateria do seu dispositivo. Para desligá-lo, é preciso ir até as últimas opções da aba Celular do menu Ajustes.

Papel de parede

O papel de parede do iOS 11 tem efeitos de movimento que podem ser desligados para deixar seu smartphone mais eficiente. Basta mudar isso no menu “Papel de Parede” dentro de Ajustes.

Brilho

Um dos recursos mais conhecidos para poupar bateria de um celular é manter o brilho da tela baixo. No entanto, a Apple deixa a regulagem de brilho automática escondida no sistema. Ela não fica no menu referente a tela e brilho. Você vai encontrá-lo dentro de Geral>Acessibilidade>Adaptações de tela. Para regular o brilho da tela manualmente, basta usar a central de controle do sistema.

TER UMA BOA REDE DOMÉSTICA É ESSENCIAL PARA TER CONEXÃO A INTERNET EM TODOS OS CÔMODOS DA SUA CASA, OU SEGUNDO A SUA NECESSIDADE. CONTE COM A SMART.TOUCH. SOLICITE ORÇAMENTO

Localização

No menu de privacidade do iOS 11, você pode entrar em serviços de localização e conferir se algum dos seus aplicativos está com o modo de rastreamento sempre ativo. Se encontrar um deles, desligue-o ou mude-o para “durante o uso”.

Logo abaixo da lista de apps que aparece nessa tela, você vai encontrar uma opção chamada serviços do sistema. Lá, você poderá desativar um recurso chamado Locais Importantes (antigamente chamado de Locais Frequentes). É uma boa ideia desligá-lo não só pela sua bateria, mas pela sua privacidade. Esse recurso rastreia você a todo momento e elenca as suas localizações mais frequentes.

Soluções que podem resolver os problemas do WiFi na sua casa

Então você tem problemas com WiFi. Não é surpresa; quase todo mundo tem. A difusão das redes sem fio trouxe a praticidade de não depender mais de cabos espalhados por toda parte, mas ao mesmo tempo trouxe essa dor de cabeça ao perder a confiabilidade do cabo.

A seguir estão alguns dos esforços que podem ser feitos para reduzir os problemas da sua rede WiFi de casa, o que inclui problemas de sinal, conexão inconstante e outros problemas comuns.

1. Atualize seu roteador

A maioria das pessoas configura o roteador de casa e esquece dele até que ele dá problema e precisa ser reiniciado. Esse não é o melhor jeito de lidar com o dispositivo. As fabricantes frequentemente lançam atualizações do firmware para o roteador que melhoram alguns aspectos do aparelho. Talvez um dos aspectos melhorados seja exatamente o problema que você está enfrentando.

Inclusive, mesmo se sua conexão estiver normal, a prática de atualizar o roteador é sempre recomendada por questões de segurança. Para fazer isso, é necessário entrar nas configurações de seu roteador; infelizmente, cada aparelho tem sua própria página de ajustes, tornando impossível criar um tutorial que valha para todos. É recomendável procurar informações específicas com o suporte da fabricante do seu modelo.

Também é interessante observar que alguns dos roteadores mais modernos são capazes de se manterem atualizados por conta própria, sem intervenção do usuário. No entanto, a maioria ainda depende da sua ação para isso.

2. Melhore a posição do roteador

Se a sua rede só tem o roteador como fonte de sinal, ele deve estar posicionado o mais próximo possível do centro da sua casa, em um espaço aberto e longe de obstruções, preferencialmente em uma área elevada. Cuidado com o que você mantém por perto do aparelho, porque outros eletrodomésticos e eletrônicos podem afetar o sinal emitido. Se o seu roteador tem antenas externas, também dê a preferência por mantê-las na orientação vertical.

Existem alguns softwares e aplicativos que ajudam a mapear a qualidade do sinal pela sua casa. Aqui estão algumas sugestões:

 LEIA TAMBÉM: APP – QUER SABER QUEM ESTÁ ROUBANDO SEU WI-FI?

3. Frequência

De uns anos para cá, a indústria criou o Wi-Fi de 5 GHz, que tem algumas vantagens sobre o sinal de 2,4 GHz. Ele oferece maior desempenho e melhores velocidades com menos interferência, embora tenha um alcance menor. Se o seu roteador e seus eletrônicos têm a opção de usar a rede de 5 GHz, ela é preferencial, e é recomendável entrar no seu painel de configurações para ativar esta opção.

TER UMA BOA REDE DOMÉSTICA É ESSENCIAL PARA TER CONEXÃO A INTERNET EM TODOS OS CÔMODOS DA SUA CASA, OU SEGUNDO A SUA NECESSIDADE. CONTE COM A SMART.TOUCH. SOLICITE ORÇAMENTO

4. Canais

Esse problema é comum com quem mora em áreas como prédios e condomínios, onde sempre há muitos roteadores funcionando por perto. Se você tem muitos vizinhos, o Wi-Fi deles pode interferir no seu se todos usarem o mesmo canal de rádio, afetando a sua conectividade. Por isso, é sempre bom ver quais canais estão sendo usados pelos dispositivos próximos para tentar usar outro.

Você pode descobrir quais canais estão sendo usados pelo prompt de comando do Windows. Basta usar o comando “netsh wlan show all” (sem as aspas) e os detalhes das redes próximas irão aparecer. Assim que você ver quais canais estão sendo mais usados, escolha um menos recorrente e o escolha. O ajuste pode ser feito no painel de configurações do seu roteador.

5. Atualize seu equipamento

Novamente: a maioria das pessoas configuram um roteador e esquecem ele lá até ele dar problema, mas às vezes não percebem que podem estar limitando sua rede, especialmente quando o equipamento já tem alguns anos de uso. Sim, funciona, mas poderia funcionar melhor.

Os roteadores mais modernos já usam o padrão 802.11ac, e um padrão ainda mais novo, o 802.11ad, já está a caminho, permitindo velocidades muito maiores superando a marca dos gigabits por segundo. Muitos, no entanto, ainda estão presos na tecnologia 802.11n, que restringe as velocidades a até 300 Mbps, ou, pior ainda, usam o 802.11g, que limita a até 54 Mbps. Equipamentos mais novos ainda possuem outras tecnologias que vão além da pura velocidade que garantem melhor conexão como o MU-MIMO, que permite que múltiplos aparelhos se conectem a um mesmo roteador sofrendo menos com isso.

Sua atenção é importante também na outra ponta da rede. Se o seu computador ou celular é novo, ele provavelmente tem suporte aos novos padrões do Wi-Fi, mas isso pode não ser verdadeiro para dispositivos mais antigos, que já tenham seus 4 ou 5 anos de uso. Se você tiver um roteador novinho, cheio de tecnologias novas, você não precisa restringi-lo; é possível comprar um adaptador USB que suporte estes novos recursos. Eles não são muito caros.

 

6. Troque suas antenas

Se o seu roteador tem antenas externas, aqui vai uma dica que muitos desconhecem: você pode trocá-las por algo que seja mais eficiente. A maioria dos dispositivos contam com antenas omnidirecionais, que disparam o sinal de rádio para todos os lados. Nem sempre esta é a melhor opção, já que às vezes é melhor concentrar o sinal em uma única direção para atender os dispositivos conectados em um determinado ponto da residência.

Então, se você quiser trocar suas antenas para algo melhor, você pode adquirir uma omnidirecional que tenha um sinal mais forte, para um alcance melhor, ou recorrer a uma antena direcional para fortalecer o sinal em apenas uma direção. É bem provável que o fabricante do seu roteador venda estas antenas separadamente.

7. Use um repetidor

Uma boa opção para uma residência com em que o sinal do roteador simplesmente não chega aos cômodos da casa. Basta instalar um repetidor no meio do caminho para ampliar o alcance da rede. O dispositivo, normalmente pequeno e discreto, capta o sinal do roteador principal e o retransmite criando uma segunda rede na sua casa, e, por isso, exige alguns cuidados.

O repetidor precisa estar perto do roteador principal para pegar um sinal bom o suficiente, no mínimo 80%, ou ele irá repetir um sinal fraco e sua conectividade continuará prejudicada. Ele também não pode estar muito longe dos dispositivos a serem conectados, pelo mesmo motivo que um roteador não pode.

Outro fator a ser observado é se o repetidor não está limitando o seu roteador. Se o seu roteador principal é 802.11ac, não use um repetidor 802.11n, porque ele vai criar um gargalo na sua rede.

Coisas que podem acabar com o seu sinal WiFi

Você ficaria surpreso ao descobrir que as luzes de Natal podem ser inimigas terríveis de sua rede WiFi? Infelizmente, o fato é que elas não são as únicas coisas comuns em nosso dia a dia que podem acabar com o sinal de nossa conexão.

 O pior de tudo é que nem sempre há como evitar esse tipo de problema com sua conexão. É possível, no entanto, colocar seu aparelho em locais que o façam evitar, ao menos em parte, causas como interferência de sinal ou uma conexão exageradamente lenta com uma internet banda-larga que supostamente seria de alta velocidade. E qual é o segredo para isso? Bem, é só ver a lista feita pelo pessoal do site Metro, que nós trouxemos logo abaixo, para saber do que seu roteador deve passar longe.

 

LEIA TAMBÉM QUAL É O ROTEADOR CERTO PARA VOCÊ COMPRAR E TER WI-FI EM CASA

 

1 – Todo o tipo de eletrônico

Como falamos antes, a culpa de sua internet estar lenta não está apenas em sua rede sem fio, mas em absolutamente tudo o que gera ondas eletromagnéticas – algo gerado por praticamente todos os eletrônicos, mesmo que em maior ou menor nível –, uma vez que isso causa interferências no sinal WiFi.

Assim, se quiser melhorar o sinal de seu roteador, é bom deixá-lo longe de abajures (ou qualquer lâmpada), telefones sem fio, geladeiras, controles de garagem, monitores de bebê, caixas de som e qualquer dispositivo capaz de gerar um sinal de rádio que possa interferir com sua conexão. Não vamos nem falar então de objetos como máquinas de lavar ou principalmente fornos de micro-ondas, que podem acabar com seu sinal de internet.

2 – O WiFi dos vizinhos

Se você leu o item acima, a explicação para esse deve ser um tanto óbvia: se aparelhos que geram algum tipo de sinal, por menor que seja, já atrapalham seu roteador, então é só pensar no “estrago” que acontece com dois sinais WiFi se sobrepondo.

É interessante notar que, para evitar esse tipo de problema, os roteadores atuais trabalham em diversos canais diferentes, sempre saltando automaticamente para aquele que estiver menos congestionado. O problema é que, em alguns casos, ambos podem acabar operando na mesma frequência, resultando no que explicamos acima.

Por sorte, se esse for seu caso, praticamente qualquer roteador atual pode ter suas configurações alteradas para trabalhar em faixas específicas, por exemplo. É só entrar em contato com sua operadora para ter instruções do que fazer; apenas saiba que pular para outra faixa pode não ser tão eficiente para mudar a qualidade da conexão.
Infraestrutura de rede para que todos os equipamentos se conectem de forma eficiente a Rede com as soluções da Smart.Touch. SOLICITE ORÇAMENTO 

3 – Pessoas

Acredite se quiser, o corpo humano pode ser incrivelmente eficiente em barrar o sinal WiFi de um roteador. A descoberta veio com uma pesquisa feita na Universidade da Califórnia, que notou que a força do sinal diminui drasticamente caso alguém fique no caminho desses aparelhos.

Isso, por sua vez, piora ainda mais quando adicionamos várias pessoas em um mesmo cômodo, o que faz com que o WiFi se disperse completamente pelo local – menos para o ponto onde ele deveria chegar. Ou seja: a conexão ruim de seu celular naquela festa não é apenas resultado de uma centena de pessoas usando uma única rede ao mesmo tempo, mas também da presença de vários corpos naquele lugar.

4 – Exagerando no Netflix

Sua internet parece ir de um carro de corrida para uma carroça toda vez que alguém da família chega e começa a assistir a uma tonelada de vídeos do Netflix ou mesmo acessar um milhão de serviços online extremamente pesados? Pois é. Isso é um caso bastante comum.

Embora a situação descrita acima tenha causas óbvias, nem sempre a situação é assim. Mas o fato é que aquelas dezenas de aplicativos que ficam funcionando ao fundo de nossos celulares, como Facebook e DropBox, bem como apps que precisam de atualização constante, como jogos e serviços da nuvem, além de ferramentas que usam transmissão enorme de dados, como programas torrent ou streamings de vídeo ao vivo, pesam absurdamente para sua rede.

Felizmente, como no caso de outros WiFis, também é possível configurar seu roteador para dar prioridade a serviços que consomem menos banda de uma vez. Isso quer dizer que seu filme no Netflix provavelmente vai demorar para carregar em alta qualidade, mas ao menos o resto das pessoas na casa podem abrir uma página de internet sem ter que esperar uma eternidade.

5 – Localização é tudo

Mesmo evitando tudo isso, seu sinal de WiFi continua péssimo? Bem, infelizmente isso não é impossível. Por pior que pareça, alguns lugares simplesmente possuem piores sinais de conexão do que outros – ou mesmo contam com uma conexão de banda-larga de pior qualidade.

Se esse for o seu caso, infelizmente não há nada que possa ser feito a não ser achar um lugar com uma internet melhor.

Conheça os Iates de luxo premiados no World Superyacht Awards 2017

O The World Superyacht Awards 2017, premiação que elege os melhores iates do mundo, anunciou os vencedores desta edição no último dia 13, no Palazzo Vecchio, em Florença, na Itália. A elite do mundo dos super iates se reuniu no evento do Boat International Media para celebrar os vencedores – as embarcações mais completas e magníficas criadas nos últimos 12 meses.

 

Neste ano, 60 indicações de 14 países foram apresentadas, com 15 vencedores reconhecidos pelo seu “genuíno destaque, inovação e qualidade de design”, de acordo com a avaliação dos jurados. Os iates Dilbar e Sybaris, por exemplo, que já ganharam inúmeros prêmios, ganharam dois troféus “Neptune” cada.

LEIA TAMBÉM VIAGEM – CONHEÇA O PRIMEIRO TREM DE LUXO DA AMÉRICA DO SUL

Honrando as expedições mais ousadas e inspiradoras de um super iate, o prêmio da categoria “Voyager” foi para o iate Glaze, de 49 metros, construído pela Trinity, que atualmente está navegando pelo mundo. Ele foi apresentado no noroeste da Austrália, em seu litoral espetacular, que viu o cruzeiro levar os proprietários através de enseadas e rios inexplorado, oferecendo vistas incríveis.

 iate-premio-rep-forbes-1 (1)

Já o prêmio “Legacy” foi para Alex Dreyfoos, formado no MIT e em Harvard. Dreyfoos é um filantropo das artes e grande mergulhador. A categoria é equivalente ao Oscar concedido pela contribuição técnica em um filme. Ele investigou uma variedade de formas de casco para ajudar a limitar o balanço da embarcação, e foi o descobridor do conceito SWATH (“small waterplane area twin hull”). Na sequência, contratou a empresa Abeking & Rasmussen para construir um super iate de 41 metros para que sua sua esposa pudesse se juntar a ele em suas explorações, sem se sentir enjoada com o balanço do navio.

iate-premio-rep-forbes-7 (1)

O prêmio da categoria “Displacement Motor Yacht of 3,000gt and above” (“deslocamento de motor de iate de 3.000gt ou mais”, em tradução livre) foi para o Dilbar, construído pela empresa Lurssen e com design interior da Winch Design. Essa enorme embarcação conta com uma piscina de 180 m³ – a maior de todos os outros iates – e os jurados consideraram seu motor o mais complexo já construído.

iate-premio-rep-forbes-6

Já o Joy, da companhia Feadship, conquistou a categoria “Displacement Motor Yachts of between 500gt and 1,499gt” (“deslocamento de motor de iate entre 500gt e 1.499gt”, em tradução livre). O navio foi elogiado pelo seu visual dinâmico e design progressivo, feito pelo estúdio londrino Bannenberg & Rowell (parte externa) e pelo Studio Indigo (interna). Os espaçosos deques e painéis de vidro foram exaltados pelos juízes.

DICAS PARA MANTER O SMARTPHONE SEGURO CONTRA CIBERATAQUES

Você passa mais tempo com seu telefone celular ao seu lado do que com sua esposa. O gadget é querido por muita gente que, pela “proximidade”, acaba por tratá-lo como um amigo íntimo. Nos últimos tempos, porém, eles vêm se tornando o alvo preferido de cibercriminosos, que se aproveitam do desleixo dos usuários e acabam conseguindo hackear e invadir os aparelhos. Por esse motivo, provavelmente você não quer deixá-lo desprotegido e quer aproveitar o máximo de recursos possível para mantê-lo seguro.

CUIDE DA SAÚDE EM VIAGEM A TRABALHO

Confira 10 dicas úteis para manter o seu aparelho longe de problemas.

1. Use senhas em tudo que puder

Você pode impedir que outras pessoas acessem o aparelho através de uma senha (ou, também, padrão de desbloqueio no Android). Não resta dúvidas de que essa é a forma mais básica de segurança, mas ela é extremamente eficiente e evita que informações confidenciais sejam visualizadas por outros.
Alguns aplicativos oferecem a possibilidade de adicionar uma senha para proteger o acesso ao software. Ainda assim é aconselhável proteger o acesso à tela inicial do aparelho para proteger aplicativos que possam conter informações sensíveis e de conteúdo privado, como o Mail no iPhone e o Gmail no Android.

icloud_seguranca

2. Proteja suas contas no iCloud e no Google

Muita gente não sabe disso, mas, se alguém conseguir acessar a sua conta do iCloud ou do Google, poderá ter acesso a um monte de informações e conteúdo. Uma forma eficiente de evitar que isso aconteça é ativar a autenticação em duas etapas em ambas as contas.

Eric Schmidt ensina você a migrar do iOS para o Android em 4 passos
Tanto a Apple ID quanto a Google Account controlam o acesso a todo e qualquer serviço oferecido pelas empresas e que estão associados ao seu smartphone. Se um estranho tiver acesso a elas, ele não só poderá utilizar suas informações, como também poderá apagar todos os arquivos e dados remotamente sem o seu conhecimento.

3. Evite fazer jailbreaks ou rootear seu aparelho

Se você realmente souber o que está fazendo e está ciente das implicações desses procedimentos, então tudo bem. Porém, se você só está tentando fazê-los porque ouviu alguém falar sobre isso, ou há algum espaço para dúvidas sobre a ideia na sua cabeça, então evite-os.

O que é jailbreak?
Não são raros os relatos de pessoas que executaram os processos e acabaram transformando seus smartphones em peso para papel. Aqueles que tiveram sucesso, por outro lado, costumam reclamar da impossibilidade de atualizar os sistemas operacionais para as últimas definições lançadas pelos fabricantes.

Afinal, o que é o tal ‘Root’ dos aparelhos Android e como funciona?
É verdade que é possível instalar alguns aplicativos interessantes e personalizar as configurações do aparelho para que ele fique com um visual bacana, mas isso também significa que você pode estar instalando apps que contêm softwares mal intencionados. Mas isso diz respeito ao próximo item.

11130357353172

4. Tenha cuidando com os apps que você instala

Esse conselho serve especialmente para quem utiliza Android. Recentemente o Google removeu mais de 50 mil aplicativos suspeitos de serem softwares maliciosos. Isso acontece, principalmente, pelo fato do Google ser flexível – e às vezes até muito transigente – com os apps que são incluidos na Google Play.

Afinal de contas, a Google Play está infestada de malwares ou não?
Na App Store da Apple a coisa é um pouco diferente. A Maçã verifica todos os aplicativos submetidos à loja e veta qualquer um que tenha qualquer indício de código malicioso. Embora ajude a coibir e previnir casos mais graves, isso não significa que não existam tentativas e/ou aplicativos que passam despercebidos pelo crivo da empresa.

Antes de baixar qualquer app e instalá-lo, certifique-se de ler suas recomendações e procurar por informações sobre ele na internet.

 

TER UMA BOA REDE DOMÉSTICA É ESSENCIAL PARA TER CONEXÃO A INTERNET EM TODOS OS CÔMODOS DA SUA CASA, OU SEGUNDO A SUA NECESSIDADE. CONTE COM A SMART.TOUCH

REDE WI FI SEGURA

5. Prefira aplicativos oficiais

Se você estiver fazendo transações financeiras – seja no banco ou na bolsa de valores -, sempre dê preferência à aplicação destinada a isso. É melhor utilizar um aplicativo oficial, que possui todas as medidas de segurança possíveis para proteger seus dados e informações, do que se expor utilizando o navegador do seu telefone.

Todos os grandes bancos brasileiros possuem seu aplicativo oficial para iOS e Android e todos eles possuem uma camada extra de segurança para evitar falhas que exponham seus dados.

6. Controle o que os aplicativos podem acessar

Não raramente nos deparamos com a mensagem “‘Tal aplicativo’ deseja acessar ‘algum dado seu'” no iPhone. Certifique-se de sempre ler a mensagem por completo e ter certeza de que aquele aplicativo pode acessar aquela informação e não saia simplesmente clicando em “OK” todas as vezes. Se for para clicar em alguma coisa o tempo todo, é melhor que seja em “Não permitir”. Caso isso impeça o correto funcionamento do app, é possível modificar a opção manualmente depois.

No Android a coisa é bem pior e muitas vezes os aplicativos pedem permissão para acessar dados que jamais serão utilizados. Há algum tempo o Lifehacker fez uma publicação (em inglês) ensinando as pessoas a se protegerem de aplicativos que requerem muitos acessos. Portanto, esteja atento e tenha cuidado com isso.

download (3)

7. Crie o hábito de fazer backup dos seus dados

Infelizmente nós, latino-americanos, ainda não compreendemos a importância do hábito de fazer backup dos nossos dados. Ele é importante tanto para quando, acidentalmente, deixamos o smartphone cair numa piscina, como também para quando ele é roubado, ou mesmo caso você precise formatá-lo.

No iPhone é possível fazer a cópia de segurança dos arquivos localmente utilizando o iTunes ou na nuvem utilizando o iCloud. Em caso de dúvidas, é bom utilizar os dois só “para garantir”. O Android, por outro lado, conta com uma ferramenta embutida que faz o backup das informações mais importantes do usuário. Caso queira manter todas as informações e arquivos em segurança, o usuário terá que recorrer a soluções de terceiros.

8. Relate o roubo do seu aparelho

Uma base de dados com informações de aparelhos roubados é compartilhada por todas as operadoras e, caso o ladrão tente utilizar o aparelho, será impedido imediatamente.

Seu celular foi roubado ou perdido? Saiba como bloqueá-lo junto à operadora
No Brasil, em casos de furto ou roubo, o usuário pode recorrer à central da operadora para bloquear e inutilizar o aparelho. Para fazer isso, basta possuir o IMEI do aparelho e o caso se resolve em poucos minutos.

70938.137491-Jovem-usando-smartphone

9. Mantenha seu sistema operacional atualizado

Esse conselho é antigo e os usuários do Windows estão cansados de ouví-lo. Mesmo assim, é importante dizer: sempre tenha a última versão do sistema operacional instalada em seu aparelho.

Muitos consideram bobagem e acreditam que elas tratam apenas de questões cosméticas. Mas a verdade é que as atualizações do seu iOS ou Android contém revisões que ajudarão o seu aparelho a permanecer em segurança. Você poderá esperar alguns dias até ter certeza de que ela não afetará os seus principais aplicativos, mas nunca, jamais, deixe de instalar uma atualização do seu sistema operacional.

10. Cuidado onde usa o Wireless e o Bluetooth

Pode parecer um pouco ridículo, mas quando não estiver em casa (ou em algum lugar que conheça), desligue a sua conexão sem fios e o bluetooth do seu aparelho e dê preferência à sua conexão 3G ou 4G. Diferente da rede da sua casa, que foi montada por você com algum zelo e segurança, as conexões sem fio da maioria dos lugares públicos não oferece nem o mínimo de segurança. Conectando-se a elas, você passa a estar vulnerável e sucetível a ataques de hackers que podem estar de olho na rede. Não importa se você vai acessar o banco ou somente aquele site de fofocas: desligue a rede sem fio para evitar problemas.

Problemas envolvendo invasões via Bluetooth são mais raros, mas o número de casos tem aumentado nos últimos meses. Tal fato vem ocorrendo principalmente pela conexão dos aparelhos a dispositivos vestíveis, como os relógios inteligentes, através do recurso. Basta que um deles esteja com o Bluetooth ativo e possa ser descoberto para que os hackers tomem proveito e roubem dados no tráfego entre o dispositivo e seu telefone.

Matéria completa:
https://canaltech.com.br/dica/seguranca/Confira-10-dicas-para-manter-o-seu-smartphone-seguro-e-longe-de-problemas/
O conteúdo do Canaltech é protegido sob a licença Creative Commons (CC BY-NC-ND). Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Ciberataque: todo cuidado é pouco. Siga algumas dicas para proteção do WiFi da sua casa

Instalar um roteador WiFi doméstico ou em seu escritório nem sempre foi tarefa fácil para o usuário comum. Para corrigir esse problema, provedores de Internet e fabricantes de roteadores implantaram botões e padrões que tornaram a conexão tão fácil quanto possível -mas no mercado de segurança sabemos que a associação com a “fácil” quer dizer problema.

rede wi fi segura para escritório

 Siga algumas de nossas dicas para a segurança do wi-fi em sua casa ou escritório

  1. Evite o assistente EZ (Easy/Fácil). Alguns roteadores prometem essencialmente uma instalação sem problemas: aperte um botão e se conecte. No entanto, quando você não sabe suas credenciais, não está no comando.
  2. Renomeie a rede WiFi. Falando rigorosamente, esse passo não torna sua rede mais segura, mas torna a situação para a rede como um todo bem melhor. Quando você precisar indicar o login a um convidado, não precisará lembrar se sua rede é NETGEAR58843 ou Linksys-u8i9o. No lugar disso você pode escolher um nome fácil de lembrar ou engraçado.
  3. Altere suas credenciais de login. Fabricantes de roteadores por vezes reusam credenciais padrão. Você pode verificar na Internet, por exemplo, alguns fabricantes, dependendo do modelo usam admin ou (vazio) para o login e admin ou (vazio) para a senha. Isso não é segredo de estado. Seu nome de administrador e senha devem sim ser segredos, então escolha outros. Você pode usar o password checker da Kaspersky Lab para garantir que sua senha é adequada.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           TER UMA BOA REDE DOMÉSTICA É ESSENCIAL PARA TER CONEXÃO A INTERNET EM TODOS OS CÔMODOS DA SUA CASA, OU SEGUNDO A SUA NECESSIDADE. CONTE COM A SMART.TOUCH    
  4. REDE WI FI SEGURA                                                                                                                                                                                                                                                 
  5. Garanta que a página de login do roteador não é acessível pela Internet. Roteadores normalmente possuem essa função de permitir ou não que as configurações sejam alteradas remotamente, pela Internet. Isso pode até ser útil em certas circunstâncias, mas também se trata de uma falha de segurança, então caso você não use, desabilite.
  6. Proteja-se com um protocolo de criptografia forte e uma senha. Essa é a parte mais importante. No passo 3, sugerimos mudar o login do roteador, que protege as opções do aparelho. Essa é a senha que você digita no seu computador. Agora você escolherá uma senha para a rede. Isso é o que você digitará em seu PC, Mac, smartphone, tablet ou outro dispositivo conectado para ter acesso. Você não quer que seus vizinhos ou transeuntes acessem sua rede. Pessoalmente, recomendo que se escolha uma criptografia WPA2. Você também pode usar uma frase passe, que é mais fácil de lembrar e mais complexa que uma palavra, desde que também seja difícil de se adivinhar.
  7. Proteja todas as redes WiFi. Na minha casa, não existe uma rede para convidados, porque minha rede doméstica é bem protegida. Mas se seu roteador tem suporte para uma rede para convidados e você quer criar uma, não é má ideia. Chame de algo como “MeuSuperWiFi-CONVIDADO”, e dê a ela uma senha e criptografia fortes também. A partir daí, você não terá de dar sua senha para ninguém.
  8. Proteja todos os seus dispositivos. Esteja você usando computador, tablet, smartphone, Kindle, ou qualquer outro dispositivo, proteja-o com uma senha forte. Não o forneça a ninguém.

Como ter uma rede wireless segura para sua empresa

A época dos fios já se foi. Cada vez mais empresas trabalham com laptops, smartphones e tablets, dispositivos leves, que têm várias funções e podem ser facilmente deslocados para diferentes áreas do escritório e levados em viagens de negócios. Mas como garantir acesso à internet para todo mundo? Como oferecer internet tanto para visitantes, como para clientes e investidores? E o mais importante: como proteger e evitar que eventuais aproveitadores consumam sua banda larga, instalem vírus ou até roubem informações?

rede wi fi segura para escritório

Começando com um roteador

Os roteadores Cisco Small Business são uma ótima solução para sua empresa, porque são simples de usar, protegem de acessos não autorizados e garantem confiança na conexão. Faça o teste!

Pensando no posicionamento

A principal dica é que nem sempre o melhor lugar para o roteador será o mais esteticamente agradável. Então supere o aspecto visual e priorize o funcional.

A SMART.TOUCH OFERECE SOLUÇÕES COMPLETAS EM ÁUDIO E VÍDEO PARA SALAS DE REUNIÕES, TAIS COMO MESAS DE SOM, AMPLIFICADORES, MICROFONES, TABLET, CAIXAS DE SOM, HOME THEATER, PROJETORES, TELAS DE PROJEÇÃO, CABOS, SISTEMAS ESPECIALIZADOS PARA VIDEOCONFERÊNCIA E SISTEMAS QUE COMANDAM E INTEGRAM ESSES EQUIPAMENTOS.

Conectando e ajustando

Configurando

Número máximo de usuários

Para restringir quantos dispositivos — computadores, telefones, tablets e TVs smart, por exemplo — podem usar o roteador ao mesmo tempo. Quanto maior o número, mais lenta e potencialmente menos segura será a conexão.

Senha

Digite a senha necessária para a conexão, sabendo que podem existir senhas diferentes para frequências diferentes.

Acesso de convidados

Configuração recomendada, que funciona como uma espécie de quarto de visitas. Por meio desse recurso cria-se uma rede separada para convidados, garantindo que eles possam acessar à internet, mas não a da empresa, preservando a segurança dos dados.