Cortina e persiana automatizada tornam sua casa mais inteligente

Ter uma casa bonita, bem decorada e, principalmente, aconchegante é um dos maiores desejos que todos têm para a sua residência. Além desses benefícios para o bem-estar de toda a família, ter praticidade também é algo essencial para qualquer ambiente.

Com todo avanço da tecnologia, as facilidades e os benefícios que todos conseguem incluir em suas casas são inúmeros, e eles podem ir desde a segurança, lazer, conforto e até mesmo em relação à decoração.

Certamente, você já ouviu falar em persianas, certo? Cortinas usualmente atribuídas a escritórios e a ambientes com cunho empresarial, porém, ela vem sendo bastante utilizada também em residências, seja em salas ou em partições home-office.

Com a variedade de modelos e com a ajuda do avanço da tecnologia, esses estilos de cortinas conseguem entregar conforto e, ao mesmo tempo, maior praticidade para quem a tem instalada, contando também com características minimalistas que deixam o ambiente, de certa maneira, moderno, ao se tratar de decoração.

Conheça mais sobre as persianas automatizadas

Praticamente ninguém nunca imaginou que a tecnologia chegaria a um ponto tão grande que faria com que as cortinas também ficassem conectadas entre dispositivos que, com apenas um toque, facilitaria a vida para todos.

Vantagens:

Conexão através do seu smartphone

Assim como já é possível ter conexão entre smartphones e televisores, vídeo games, fechaduras e outros produtos e aparelhos de sua casa, também é possível ter conexão com as suas persianas. Por meio do seu smartphone, tablet ou até mesmo com algum controle remoto, é possível controlar todas as cortinas de uma vez ou uma por vez.

Manutenção

Essas cortinas são conhecidas por serem práticas em seu modo de uso e pode ser considerada também para limpeza, pois trata-se de um material fácil de manutenção, além disso, não acumulam poeiras que podem prejudicar a saúde ou causar irritações. Há modelos, inclusive, que conseguem prover proteção contra raios UV.

Durabilidade

Assim como qualquer outro produto tecnológico, ter sua vida útil extensa é característico. Por isso, o custo-benefício da aquisição é tido como vantajoso para todo comprador, dado que, além da estética, consegue entregar fatores que mostram que uma cortina pode ser pensada de outra maneira.

O que você precisa saber sobre o projeto de automação residencial

A entrada no século XXI gerou mudanças significativas na maneira como interagimos com a tecnologia. Se antes utilizávamos equipamentos e ferramentas para facilitar tarefas diárias, hoje temos dispositivos como parte integral do nosso cotidiano, como o sempre presente smartphone.

Em nossas residências também não tem sido diferente. As smart TVs são exemplos de como a tecnologia trouxe conceitos bem maiores para um dispositivo tão comum.

Nesse sentido, trouxemos, no artigo de hoje, informações sobre uma tendência mundial de aprimorar as funcionalidades das residências com o uso de tecnologias. Confira abaixo o que é o projeto de automação residencial, quais os benefícios, dicas de como implementá-lo e qual será o futuro dessa área.

O que é o projeto de automação residencial

Os projetos de automação residencial são adaptações realizadas em uma casa ou apartamento, instalando-se controles e tecnologias interoperáveis, que visam tornar a residência automatizada e mais eficiente na sua função para o morador.

Uma residência automatizada pode ser adaptada com diversas ferramentas, como: controle de iluminação e da temperatura, gerenciadores energéticos, sistemas de áudio, vídeo e redes interconectados, sistema de segurança etc.

Vantagens de implementação

As vantagens do projeto de automação residencial são inúmeras. Entre elas, podemos citar três em destaque:

Conforto

Implementar um projeto de automação residencial trará o controle da sua casa para suas mãos. Isso porque, com adaptação das ferramentas para as tecnologias de rede, é possível interconectar vários aparelhos com um smartphone.

Dessa forma, diversos equipamentos domésticos, como fogão e geladeira, podem ser monitorados remotamente. Por exemplo, ao colocarmos alguma comida para cozinhar, poderíamos controlar a temperatura da panela ou desligar o fogão do sofá da sala.

Além disso, é possível instalar sensores que fechariam cortinas ao chover, programar a iluminação do jardim para um determinado horário, ajustar a temperatura interna conforme o clima externo etc. Tudo isso sem a presença física do morador.

Economia

Outro grande benefício do projeto de automação residencial é a economia promovida pelas tecnologias. Como exemplo, podemos citar os casos em que os gastos energéticos poderiam ser diminuídos se o ar-condicionado fosse desligado sempre que a temperatura externa estivesse agradável ou que as luzes ficassem apagadas sempre que um cômodo estivesse desocupado.

Segurança

Nesse caso, poderíamos falar em segurança com dois significados: a patrimonial, contra roubos e invasões, e a integridade dos moradores e do imóvel, contra os acidentes domésticos.

O projeto de automação residencial poderá prever um sistema de integração entre fechaduras eletrônicas, câmeras, leitores biométricos, sensores de movimento etc., protegendo a residência contra a violência urbana das cidades brasileiras.

O sistema poderá, também, contar com a instalação de botões de emergência — que acionam autoridades policiais ou os seguranças da casa ou do condomínio — em lugares que só o morador conheça.

Para eliminar o risco dos acidentes domésticos, o projeto pode evitar ou monitorar a sobrecarga de energia em equipamentos, indicar vazamentos de água e gás, proteger contra incêndio por meio de sensores e outros benefícios.

Dicas de como realizar o projeto de automação residencial

Implementar e planejar esse tipo de projeto pode não ser uma tarefa tão simples quanto parece. Por isso, nós listamos algumas dicas para ajudar a cercar-se de qualquer problema durante o planejamento e obter o máximo de benefícios que você procura.

Definir necessidades e prioridades

O primeiro passo para qualquer projeto é sempre identificar as motivações e os limites para aplicação das ideias. Não se esqueça de consultar a opinião de todas as pessoas que residem na casa. É importante que todo mundo tenha o máximo de proveito dos resultados da automação.

Por exemplo, deve-se ter em mente quais cômodos deverão e precisarão ter essas funcionalidades extras. Quais são os fatores que têm maior influencia na procura pelo projeto, se é por alguma vantagem específica, como segurança ou conforto. Uma boa dica é listar tudo o que você gostaria e que realmente precisa para tornar sua casa mais autônoma e prática.

Pesquisar

Conhecer as tecnologias e as empresas que prestam serviço nessa área é essencial. Por isso, é importante que você faça buscas sobre o que o mercado tem a oferecer para otimizar sua relação com a casa. Procure se informar sobre as tecnologias disponíveis pela internet e tente obter um preço médio para instalação desses equipamentos. Assim, também será possível começar a pensar nos limites do seu orçamento.

Poucas empresas trabalham com o projeto de automação por inteiro. Na maioria das vezes, você terá que optar por segmentar as novas adequações, buscando profissionais especializados em áreas determinadas, como áudio e vídeo, segurança, iluminação etc.

Planejar o orçamento e comparar preços

Tendo em vista os objetivos do seu projeto e o que é possível de se obter no mercado, chegou a hora de definir os limites do seu orçamento. Essa tarefa é fundamental, pois, a partir disso, você poderá controlar os custos de implementação das novas tecnologias na sua residência.

Estabeleça uma faixa de preço que você possa pagar e que ainda atenda aos requisitos levantados na nossa primeira dica. Uma boa ferramenta é lançar os valores dos orçamentos que forem sendo realizados e compará-los para se obter o melhor custo-benefício.

Tendências da automação residencial

Segurança contínua

No mercado atual, há uma grande procura pelo aprimoramento das tecnologias de segurança residenciais e corporativas. Espera-se que nos próximos anos as empresas do ramo tragam dispositivos mais inteligentes, protegendo as pessoas dos riscos da violência urbana.

As câmeras inteligentes de alta resolução são os equipamentos mais esperados para o momento. Esses dispositivos fazem a identificação automática de pessoas e objetos, propiciando a tomada de decisões para emitir determinados alertas, feitos pelo próprio sistema.

Internet das coisas

Imagine uma casa em que a geladeira possa emitir um alerta sobre a validade de um produto dentro dela ou que uma lâmpada queimada, em alguma parte da casa, envie uma mensagem com a informação para seu smartphone! Isso já é possível!

O funcionamento é bem simples: os aparelhos são conectados por radiofrequência e, quando conectados à internet, as informações são levadas a uma base de dados que fornece o controle. Boa parte dessa tecnologia já existe e está disponível no mercado, mas ainda há muito o que evoluir nesse ramo, principalmente para melhorar a gestão de residências, edifícios e até cidades.

O QUE PODE SER AUTOMATIZADO EM UMA RESIDÊNCIA?

O toque de modernidade e luxo da automação residencial traduzem um estilo de vida exclusivo e tão diferenciado que encanta a todos, porém, por ser algo ainda em crescimento no Brasil, uma dúvida que surge em todas as pessoas que querem ter toda a sofisticação, tecnologia e conforto da automação nas suas residências é: O que, de fato, eu posso automatizar na minha casa?

Essa é uma pergunta muito abrangente, afinal a tecnologia está em constante avanço e há novos equipamentos, eletrodomésticos e elementos surgindo no mercado a todo momento. Dentro deste contexto, preparamos uma breve lista com alguns itens para te ajudar a pensar em viver em uma casa totalmente inteligente e poder desfrutar de tudo com muito mais conforto.

A SENSAÇÃO DE ENTRAR EM UMA CASA INTELIGENTE É A DE ESTAR EXPERIMENTANDO UM POUQUINHO DO FUTURO

Lâmpadas

A iluminação é um dos itens mais conhecidos quando falamos de automação residencial. Em uma casa inteligente, as lâmpadas podem ser programadas para que você controle a intensidade da iluminação produzindo efeitos ainda mais incríveis nos ambientes. Além disso, é possível substituir os interruptores comuns por versões mais modernas e/ou controlar tudo do seu smartphone.

Persianas

As persianas podem ser programadas para abrir e fechar automaticamente em horários pré determinados, aproveitando ao máximo a luz solar. A integração delas com o sistema de iluminação e climatização mudam substancialmente o conforto térmico e visual do ambiente.

Interfones

Atender o interfone no seu celular e liberar o acesso para visitas de onde estiver – dentro ou fora de casa – é uma facilidade que ultrapassa a ideia de luxo e conforto, e transforma a automação residencial em algo imprescindível para aquelas pessoas com dificuldade de locomoção, como deficientes físicos, e idosos.

Portas principais e portões

A segurança é um dos principais atrativos de se automatizar os portões da garagem e portas principais da residência. Com isso, esses dois elementos podem ser controlados remotamente e ainda é possível receber notificações quando os mesmos forem acionados.

Áudio e Vídeo

DVD, Blu-ray, TV, Telão, projetor, caixas acústicas, TV por assinatura, NetFlix, Apple TV, Vídeo Game… a lista de aparelhos usados em um ambiente de home theater é imensa, por isso reunir as funcionalidade de todos eles na tela do seu smartphone, e acionar várias elementos com apenas um toque, vai tornar sua experiência muito mais fascinante.

Banheiras

Imagine chegar em casa e encontrar a banheira de hidromassagem com a água no nível e temperatura certa para você relaxar depois de um longo dia. Com a automação residencial basta ajustar essas funções ainda de longe, pelo celular, e curtir um banho revigorante.

Eletrodomésticos

Para atender um público bem exigente, uma nova geração de eletrodomésticos vem surgindo no último ano, tudo graças ao investimento de grandes marcas como Samsung, LG e Siemens. Com essas novas tecnologias, os aparelhos domésticos como lava roupas, cafeteiras e fornos – com WiFi e homologação documentada pela equipe de engenheiros da automação – podem ser integradas ao sistema de casa inteligente e tornar sua rotina muito mais leve e moderna.

Casa conectada: veja tudo que você pode fazer com a Google Assistente

A Google Assistente agora é capaz de entender e responder comandos em português em dispositivos de áudio, vídeo e iluminação. Com a novidade, os usuários já podem controlar diversos aparelhos dentro de casa por meio da voz, transformando sua residência em um ambiente totalmente smart, com dispositivos funcionando de forma integrada. Além da automação residencial, outra vantagem de ter uma casa inteligente está na economia, visto que os aparelhos ajudam na gestão de água e eletricidade.

A ferramenta também é extremamente pessoal e pode entender a rotina e os hábitos do usuário, ajudando na execução de tarefas. Aqui no Brasil, já é possível comprar diversos aparelhos que funcionam com a assistente em português, como caixa de som, smart TVs, câmera de segurança e até mesmo carros. Pensando nisso, o Google demonstrou o funcionamento da Google Assistente em uma casa conectada, localizada em São Paulo. Confira, a seguir, tudo que ela pode fazer na sua residência.

Comandos para a Google Assistente em português

A Google Assistente é uma assistente virtual capaz de interagir e conversar com o usuário por meio de comandos de voz. Desde 2017, ela já funciona em português nos celulares Android e iPhone (iOS). A novidade é que agora a ferramenta também está operando em português, e de forma integrada, em outros aparelhos além do smartphone. Isso significa que os usuários podem utilizá-la para controlar a casa por meio da voz.

Antes, para conversar com a assistente, era preciso dar todos os comandos em inglês. Agora, basta falar “Ok, Google” para ativar a ferramenta. Em seguida, é só dizer a ação que você deseja executar. Por exemplo, é possível pedir que ela crie um alarme; adicione um item à sua lista de compras; te lembre de passear com o cachorro ou mande mensagem para algum contato no WhatsApp.

Na assistente, o reconhecimento da voz é feito por meio de machine learning. Ou seja, conforme o uso, a Google Assistente vai aprendendo os hábitos do usuário e deve a apresentar respostas cada vez mais inteligentes. Outra característica da ferramenta é a personalização, visto que ela tende a ficar cada vez mais pessoal, capaz de prever as necessidades do usuário e resolver situações de acordo com o gosto de cada um.

Para quem se preocupa com a privacidade, o Google garante que a assistente não fica ouvindo as conversas dos usuários. A ferramenta é ativada com o “Ok, Google” e, somente após esse comando, começa a entender o que as pessoas estão falando. A empresa acredita que, até 2021, 327 milhões de residências no mundo terão pelo menos um aparelho conectado.

Aparelhos com Google Assistente no Brasil

Durante o evento Casa Conectada, o Google mostrou diversos aparelhos que podem ser usados para deixar a casa inteligente. De acordo com a empresa, são mais de 30 dispositivos, de diferentes fabricantes, que já estavam à venda no Brasil, mas que só permitiam a interação com a Google Assistente em inglês. Agora, é possível dar comandos em português para que a ferramenta execute tarefas.

No entanto, não tem problema se o usuário não quiser investir no modelo. Também é possível usar a assistente pelo celular e controlar tudo com a voz da mesma maneira. Toda a integração entre os aparelhos é feita pelo aplicativo Google Home, disponível para celulares Android e iPhone (iOS). Vale lembrar que todos os dispositivos devem estar conectados à mesma rede Wi-Fi e o usuário deve fazer a configuração pelo mesmo app.

 

Dentre as smart TVs, já é possível comprar aparelhos da Sony, Semp TCLe LG com a Google Assistente integrada. Os modelos podem trocar de canal, reproduzir vídeos ou exibir informações apenas com o comando do usuário. A Samsung prometeu a chegada da assistente em sua linha de televisões ainda para este ano. Para quem não tem ou não pretende comprar uma smart TV tão cedo, o próprio Google oferece o Chromecast 3.

Além disso, outros produtos também podem ajudar na automação residencial. A Orvibo, por exemplo, possui à venda cortina e ar-condicionado que podem ser controlados por meios de comando de voz. A fabricante também oferece um smart plug, uma tomada inteligente que pode ligar e desligar à distância qualquer dispositivo que estiver conectado a ela. Já na parte de iluminação, é possível comprar as lâmpadas Hue, da Philips, e uma opção para mais segurança é a câmera de segurança D-Link DCS-8000LH. Para ajudar na limpeza da casa, está disponível o robô aspirador Roomba 890, da iRobot.

Google Assistente: quatro curiosidades sobre o software

Também é possível usar a Google Assistente no carro. Basta ligar o veículo e começar a conversar com ela para obter informações sobre clima e trânsito, por exemplo. Como tudo é feito por meio da voz, o motorista evita distrações ao mexer no celular enquanto está no volante. Aqui no Brasil, o recurso já está disponível em modelos de fabricantes como Jeep e General Motors.

Conheça recursos de automação residencial para você ter mais conforto na sua casa

A automação residencial nada mais é do que sistemas interligados para deixar sua casa mais inteligente de forma com que os ambientes e cômodos sejam integrados a rotina dos moradores por meio de equipamentos automatizados.

Ficou confuso? Vamos dar um exemplo prático: ao morar em uma residência automatizada, você pode acionar comandos como ligar e desligar luzes, fechar e abrir cortinas, controle de temperatura, monitoramento de câmeras de segurança, entre outros, com apenas um clique em um único aparelho. Comodidade ao extremo!

A inteligência por trás da automação residencial permite que você aproveite mais a sua casa e use-a a favor das suas necessidades. Conheça hoje alguns recursos disponíveis graças a automação:

Automação residencial : Controle de acesso por biometria

recursos de automação residencial para você ter mais conforto na sua casa

Não é mais necessário se preocupar com chaves. Pressione seu dedo no sensor biométrico e a porta será aberta. Além de prático, é bem mais seguro.

Caso você possua algum tipo de empregado do lar, como jardineiro, motorista ou faxineira, é possível cadastrar a impressão digital do funcionário e programar quais serão os dias e horários em que a pessoa estará autorizada a entrar na sua casa.

Se alguém porventura tentar invadir sua residência com uma outra digital, será imediatamente enviado para o seu celular uma mensagem com a notificação de tentativa de acesso de uma pessoa não cadastrada.

Limpeza da água da piscina

Existem equipamentos que podem ser programados para acionar o filtro da água em momentos determinados. Além da comodidade, está opção economiza a energia elétrica das bombas hidráulicas.

Aquecimento do piso

O Brasil é um país quente, mas em determinadas regiões e épocas do ano, as temperaturas caem muito e com elas vêm o frio. Ao automatizar o aquecimento do chão, sua casa ficará mais aconchegante. É importante lembrar que o calor do piso pode ser combinado com a temperatura do ar condicionado ou de um aquecedor por um único controle.

recursos de automação residencial para você ter mais conforto na sua casa

Preparação do seu banho

Visualize a cena: você acaba de sair de um dia cansativo no trabalho e tudo o que mais deseja é chegar em casa e relaxar. Em um lar automatizado, sua banheira pode estar te esperando preparada na sua temperatura favorita. Parece muito moderno mas é simples. Com um único comando via celular você consegue acionar o funcionamento das bombas de hidromassagem.

Sensores de presença para residências. Saiba como funciona

A automação residencial é uma tendência em ascensão. As pessoas desejam facilitar e simplificar sua vida, tudo isso sem abrir mão da segurança, e, para isso, recorrem aos melhores equipamentos do mercado para tais finalidades, como os sensores de presença para residências.

Os equipamentos podem ser encontrados em residências, comércios e em ambientes variados, sejam eles internos ou externos, com o intuito de detectar movimentações estranhas e, assim, acionar sistemas de segurança e manter o local sempre protegido, mas você sabe exatamente como eles funcionam?

Se a resposta tiver sido negativa, então chegou a hora de saber, e se for positiva, é sempre importante aprender ainda mais sobre esse assunto! Conheça as formas de funcionamento de um sensor de presença e veja porque ele é simplesmente indispensável quando se fala sobre automação residencial.

Como ocorre o funcionamento de um sensor de presença para residências?

Como ocorre o funcionamento de um sensor de presença para residências?

Geralmente, ocorre por meio de duas tecnologias, sendo a detecção de movimento ou a alteração de temperatura, que podem aparecer de maneira isolada ou conjunta nos aparelhos.

Há vários tipos de equipamento, como os sensores capacitivos, com efeito doppler, indutivos, magnéticos, óticos, com radar, sonar, tecnologia ultrassônica ou de fibra ótica, entre outros, mas os mais comuns são os de movimento e temperatura. Aprenda mais sobre esses dois tipos:

  • Detecção de movimento: O aparelho emite micro-ondas, as quais não podem ser vistas por nossos olhos. Caso ele identifique algum tipo de movimentação diferente, o que acarretará em uma reverberação diferente das ondas, então ele será acionado.
  • Alteração de temperatura: Por meio de sensores, geralmente infravermelhos, eles analisam a temperatura do ambiente. Se alguém entrar no ambiente, isso fará com que o local fique mais quente, ainda que seja uma variação mínima, graças ao calor humano, e isso será identificado pelo infravermelho, o que resulta no acionamento do equipamento.

Quais são os principais benefícios de um sensor de presença?

Os que mais se destacam:

  • Economia de energia: uma das aplicações mais comuns é para gastar menos energia elétrica, já que as lâmpadas podem ser interligadas ao sensor. Elas ficam apagadas, e assim que é detectada alguma alteração, seja de temperatura ou de movimento, de acordo com o tipo de sensor, então as luzes são acionadas temporariamente, o que é bom para cortar custos com energia e também para ajudar o meio ambiente.
  • Segurança: outra aplicação bastante desejada é para fins de segurança. É possível, por exemplo, manter os setores acionados em locais onde geralmente não há movimentação, como no estoque ou em salas fechadas, e saber quando existe alguma alteração por meio dos sensores. Eles também podem ser instalados em todo o ambiente e ficar ligados quando o local está fechado, de modo que qualquer movimentação resulte em seu acionamento.
  • Valorização do ambiente: a automação residencial, comercial e em vários outros ambientes é capaz de aumentar sua segurança e cortar custos com energia, mas também tem o potencial de valorizar o local. A locação de um imóvel, seja ele residencial, comercial ou industrial, pode ter um valor mais alto caso ele seja automatizado com sensores, o que é vantajoso para seus proprietários e também para quem o utilizará.

Invista nos sensores de presença para uma automação residencial impecável

Entre os equipamentos de automação para casas, comércios e indústrias, os sensores de presença são fundamentais, já que aumentam a funcionalidade do local, o tornam mais seguro e eficiente e, de quebra, não interferem em seu design, já que há modelos bem pequenos e discretos.

Como aliar a automação residencial com sistemas de som e home theaters?

Através da interligação de sistemas inteligentes aos equipamentos já existentes no mercado, os quais podem ser mais ou menos avançados, de acordo com as suas preferências e o valor que será investido para a aquisição e instalação.

Quando se fala sobre um sistema de som ou um home theater, é comum se lembrar de marcas como Sony, Samsung e LG, as quais possuem produtos de altíssima qualidade, mas não para por aí. Quem demanda uma qualidade de som e imagem mais robusta para se adaptar à automação residencial, encontra opções interessantes das marcas citadas e de outras mais comuns no mercado, mas é possível subir ainda mais na escala de qualidade.

automação residencial

As caixas de som  são desenvolvidas para oferecer um som altamente realista, puro e concentrado, com uma performance acústica totalmente personalizável e que pode superar (ou ao menos igualar) o que de melhor você já escutou em sua vida. Sistemas dedicados de home theater, com áudio e imagem, podem superar os R$ 20 mil e são compostos de equipamentos de altíssima definição, resolução e qualidade, capazes de trazer uma verdadeira experiência de cinema para a sua casa. Ainda existem opções mais avançadas, conhecidas como Hi-End, ou seja, o melhor que a tecnologia atual pode trazer. Nesse caso, os valores podem superar os R$ 100 mil e, é claro, apresentar um resultado fora do normal para quem optar por ele.

Como integrar a automação residencial a tais soluções?
A tecnologia disponível atualmente, principalmente no que tange aos equipamentos de maior qualidade, permitem a integração dos aparelhos, equipamentos e acessórios com a automação de residências.

Com isso, é possível programar um determinado horário para que o home theater seja inicializado, em conjunto com todas as caixas de som do ambiente, por exemplo. Outras possibilidades são o controle centralizado das aplicações do home theater e dos sistemas de som, o que torna a sua vida muito mais fácil, sem a necessidade de ter que ficar com uma série de controles no sofá ou na poltrona.

Tire suas dúvidas sobre sistemas de som para ter uma sala de cinema em casa

Acompanhe mais detalhes sobre sistemas de som para ter uma sala de cinema em casa com automação residencial, e veja por que criar uma sala de cinema em casa. Graças ao padrão estéreo adotado pela indústria, e à evolução das tecnologias de capital de áudio, hoje, o número de caixas pode ser potencializado, o que acaba gerando muitas dúvidas entre os consumidores.

Os sistemas são marcados por números, como 5.1 e 7.1, por exemplo, em que o número da esquerda representa a quantia de canais de áudio do aparelho, enquanto o número da direita diz respeito à quantidade de subwoofers (usados para reproduzir sequências mais graves, de 20Hz a 200Hz).

sistemas de som para ter uma sala de cinema em casa

 

O sistema 5.1

A partir dos avanços tecnológicos dos anos 70 e 80, o mercado passou a oferecer os sistemas de áudio 5.1. Quando aplicados em cinemas, otimizam consideravelmente a sensação de imersão ao que está sendo exibido. É possível, por exemplo, perceber o barulho de carros por uma estrada, e até mesmo a diferença entre um tiro dado à direita ou à esquerda da câmera.

No geral, essas caixas são acopladas ao redor dos ouvintes. Uma é deixada à frente das pessoas (com o subwoofer ao seu lado).

As caixas laterais, por sua vez, ficam divididas, com duas atrás dos espectadores e duas à frente. Isso para que, durante uma cena de ação, seja possível identificar a movimentação dos atores e objetos, mesmo se o expectador estiver de olhos fechados.

O sistema 7.1

Esse sistema conta com sete caixas e um subwoofer, e é a última tecnologia de execução de sons com extrema fidelidade. O 7.1 é a melhor pedida para exibir filmes Blu-ray, já que consegue destacar cada faixa sonora em uma caixa específica. Mesmo sendo mais caros, os home theaters com 7 canais possibilitam uma experiência sonora muito mais imersiva e realista durante a exibição do filme.

sistemas de som para ter uma sala de cinema em casa

Sistemas de áudio: mono, estéreo e surround

Ao longo do tempo, os sistemas de áudio se fragmentaram entre os monofônicos, estéreos e surround. Hoje, o mono se limita a aplicações que não demandam áudio de alta definição (como autofalantes usados em boa parte dos telefones e interfones).

Conta com apenas um canal para transmitir as frequências de áudio, ou seja, emite as mesmas frequências independentemente do número de caixas usadas. Os sistemas estéreos são mais modernos e possibilitam que o áudio seja divido entre várias caixas.

Essa tecnologia possibilitou gravações de sons que simulam três dimensões no cinema. Ao fragmentar o áudio entre duas fontes sonoras (à esquerda e à direita), a experiência se torna bem mais real. Já o surround eleva tanto a quantidade de canais de recepção quanto de emissão de som. Chega a ter até 7 canais e, por isso, proporciona uma simulação que possibilita total imersão e sensação de realidade.

As mordomias de criar sala de cinema em casa

Curtir uma sessão de cinema é uma delícia, mas melhor ainda é apreciar uma pipoca, som de qualidade e imagem de última geração sem ter que sair de casa. Nesse sentido, o filme pode ser apreciado por você e seus amigos com conforto, aconchego e no melhor horário para todos.

Hoje, é possível ter toda a tecnologia cinematográfica em sua residência por meio da automação residencial.

Automação da iluminação residencial: fique por dentro de todos os pontos

Saiba como a iluminação da casa pode ser beneficiada através da automação residencial, e onde ter mais informações sobre essa ferramenta.

A automação da iluminação nada mais é do que adquirir um sistema de iluminação inteligente para uma casa ou apartamento. Por meio de um controle estipulado pelo usuário, a ferramenta geralmente não precisa de interferências para que funcione de maneira simples e prática.

Automação residencial: vantagens na iluminação

Economia

Um dos benefícios mais citados entre quem opta pela automação da iluminação diz respeito à redução de custos. A economia se dá, basicamente, por dois motivos:

  • O sistema permite acender e apagar as luzes automaticamente pelo próprio usuário. Nesse sentido, durante uma viagem, não é necessário deixar as luzes acesas o tempo todo. Elas podem ligar apenas quando for preciso, evitando desperdícios;
  • A possibilidade de automatização residencial através da dimerização. Nesse sentido, o controle das luzes é dinâmico, ou seja, o usuário poderá iluminar um cômodo sem que haja desperdício, utilizando apenas as lâmpadas necessárias. Por exemplo, não é necessário usar da iluminação máxima da sala quando a família estiver viajando.

Segurança

A segurança é outra variável muito bem avaliada durante a decisão de automatizar a iluminação da casa, principalmente em situações em que não é possível controlar as lâmpadas manualmente.

Com a automação da iluminação, enquanto o ambiente estiver habitado, o local permanecerá iluminado, garantindo que as pessoas consigam enxergar com clareza.

Para indústrias e estabelecimentos comerciais, a automação ajuda ainda mais a proteger o patrimônio. Como as lâmpadas se acendem mediante detecção de movimento, fica muito mais fácil impedir a invasão de pessoas não autorizadas, por exemplo.

Durabilidade

Uma vez que a automação é feita através de um sistema com equipamentos tecnológicos e lâmpadas mais duráveis, no geral, conta com um tempo maior de vida. Enquanto uma luz comum costuma queimar a qualquer momento, a automação prolonga o tempo de duração dos equipamentos como um todo.

Além de ser uma vantagem para casas e apartamentos, no caso de indústrias e comércios se torna praticamente indispensável (já que os gastos são muito maiores).

Responsabilidade ambiental

A alta durabilidade, mencionada acima, faz com que as lâmpadas tenham que ser trocadas menos vezes, o que além de diminuir o consumo também gera menos lixo para o meio ambiente.

Dessa forma, ao usar um sistema de automação residencial, cria-se um maior senso de responsabilidade ambiental, já que o consumo é menor (ainda que se tenha os mesmos resultados).

Cortina e persiana automatizada tornam sua casa mais inteligente

Ter uma casa bonita, bem decorada e, principalmente, aconchegante é um dos maiores desejos que todos têm para a sua residência. Além desses benefícios para o bem-estar de toda a família, ter praticidade também é algo essencial para qualquer ambiente.

Com todo avanço da tecnologia, as facilidades e os benefícios que todos conseguem incluir em suas casas são inúmeros, e eles podem ir desde a segurança, lazer, conforto e até mesmo em relação à decoração.

Certamente, você já ouviu falar em persianas, certo? Cortinas usualmente atribuídas a escritórios e a ambientes com cunho empresarial, porém, ela vem sendo bastante utilizada também em residências, seja em salas ou em partições home-office.

Com a variedade de modelos e com a ajuda do avanço da tecnologia, esses estilos de cortinas conseguem entregar conforto e, ao mesmo tempo, maior praticidade para quem a tem instalada, contando também com características minimalistas que deixam o ambiente, de certa maneira, moderno, ao se tratar de decoração.

Conheça mais sobre as persianas automatizadas

Praticamente ninguém nunca imaginou que a tecnologia chegaria a um ponto tão grande que faria com que as cortinas também ficassem conectadas entre dispositivos que, com apenas um toque, facilitaria a vida para todos.

Vantagens:

Conexão através do seu smartphone

Assim como já é possível ter conexão entre smartphones e televisores, vídeo games, fechaduras e outros produtos e aparelhos de sua casa, também é possível ter conexão com as suas persianas. Por meio do seu smartphone, tablet ou até mesmo com algum controle remoto, é possível controlar todas as cortinas de uma vez ou uma por vez.

Manutenção

Essas cortinas são conhecidas por serem práticas em seu modo de uso e pode ser considerada também para limpeza, pois trata-se de um material fácil de manutenção, além disso, não acumulam poeiras que podem prejudicar a saúde ou causar irritações. Há modelos, inclusive, que conseguem prover proteção contra raios UV.

Durabilidade

Assim como qualquer outro produto tecnológico, ter sua vida útil extensa é característico. Por isso, o custo-benefício da aquisição é tido como vantajoso para todo comprador, dado que, além da estética, consegue entregar fatores que mostram que uma cortina pode ser pensada de outra maneira.