BLOG

Som Ambiente e Sonorização para toda sua casa

Para alcançar o tão almejado conforto total em casa são necessários cumprir diversos requisitos! Como arquitetura, design de interiores, móveis aconchegantes entre outros. Mas um dos elementos principais que faz toda a diferença é o som ambiente e a sonorização da casa!

A sonorização de um ambiente é muito importante pois ela dá uma experiência totalmente diferente no lugar que você está, através da música. Esse é o motivo que leva diversos a sonorização completa de estabelecimentos como restaurantes, lojas e parques de diversão. A Disney se orgulha e diz ser fundamental seus parques serem totalmente sonorizados!

E a mesma teoria válida para a Disney também vale para a sua casa! Quanto mais ambientes sonorizados você tiver…melhor! É claro que não estamos incentivando colocar som ambiente no seu guarda-roupa :p Mas considere colocar em lugares interessantes como piscina, varanda gourmet, sala de jantar, sala de TV, sala de estar, quartos e até mesmo no lavabo para as suas visitas se surpreenderem. Uma casa bem sonorizada permite festas incríveis, com músicas diferentes em ambientes diferentes e sem um som muito alto em um lugar específico da casa, mas a casa inteira entregando a mesma qualidade sonora com um volume confortável!

Como fazer?

Para sonorizar tantos ambientes existem diversos métodos. Mas o recomendado é separar os ambientes em zonas, assim é possível sonorizar só os lugares que você deseja. Para controlar essas zonas é necessário utilizar um amplificador de áudio. Nos locais menos públicos da casa, como os quartos, recomendamos utilizar amplificadores individuais para um controle prático e mais privacidades. E para essa comodidade nos quartos existem amplificadores de parede, que como diz o nome são embutidos na parede, e por isso são pequenos como interruptores mas entregam som com qualidade total!

O CONTROLE DE VOZ ESTARÁ EM TODA PARTE

A tecnologia de automação residencial se move rapidamente e não mostra sinais de desaceleração. O que está dirigindo essa mudança rápida? Avanços contínuos em silício barato, aplicativos de software baseados em nuvem e inteligência artificial estão permitindo que novos e antigos fornecedores de soluções domésticas adicionem inteligência a praticamente qualquer função em sua casa.

Com o enorme show de tecnologia de consumo da CES, que será lançado em 2019, temos os mais novos dispositivos e sistemas inovadores para controle e automação residencial. Enquanto esperamos ver máquinas de café mais inteligentes, refrigeradores, controladores de sprinklers e máquinas de lavar, muitos dos avanços virão com dispositivos e tecnologia que já estão disponíveis, mas sua funcionalidade e facilidade de uso ficarão muito melhores do que nós. em última análise, dependendo deles, tanto quanto nossos smartphones e computadores.

Assistentes de voz como Amazon Alexa, Google Assistant e Siri da Apple continuam a crescer em popularidade à medida que ficam mais inteligentes com os avanços no aprendizado de máquina. Espere ver o controle de voz incorporado em mais dispositivos no próximo ano. Já as empresas de alto-falantes sem fio, como a Sonos, têm modelos como o Sonos 1, que integra o controle de voz Alexa da Amazon. TVs de fabricantes como Sony e LG são controláveis ​​através do Google Assistant, enquanto a Samsung incorpora seu próprio assistente de voz Bixby. Naturalmente, com sistemas de automação residencial como Crestron e Control4, você tem várias opções de controle de voz e pode controlar e automatizar sistemas domésticos por meio dessas plataformas, em vez de se preocupar com qual sistema de voz funciona com um dispositivo específico. O próximo lugar será fácil usar comandos de voz para controle de casa será seu carro e fabricantes como BMW, Ford e Toyota já estão atualizando sistemas de carro para ser compatível com assistentes como Alexa.

AUTOMAÇÃO AUMENTARÁ

Com mais dispositivos e funções ficando mais inteligentes, a capacidade de montar uma automação sofisticada em uma casa que antes era muito cara agora se tornou fácil de fazer. Termostatos inteligentes, iluminação e interruptores inteligentes e persianas motorizadas são soluções acessíveis que podem funcionar bem em conjunto. Se você quiser uma rotina matinal que o acorde suavemente, acenda suas luzes suavemente, aumente suas sombras, inicie sua cafeteira e ligue seu canal favorito, tudo isso será muito fácil de fazer com um comando de voz, um botão pressionado, ou no horário agendado de sua escolha. Viver um estilo de vida “Jetsons” do futuro é agora uma realidade que qualquer um pode desfrutar.

UM FOCO AUMENTADO NO DESIGN

As pessoas querem dispositivos inteligentes e tecnologia, mas querem que ela pareça boa. Espere um foco maior em excelente design e ergonomia em tecnologia inteligente. Isso pode tomar a forma de maneiras inteligentes de montar ou até mesmo ocultar alto-falantes, teclados e câmeras inteligentes, até telas de toque de controle mais bonitas que você deseja exibir, controles de toque elegantes e telas semelhantes a seu smartphone em aparelhos inteligentes. Você verá muitas opções elegantes para adicionar tecnologia sem sacrificar o design e a decoração que você deseja em sua casa.

INTEGRAÇÃO DO BEM-ESTAR

Toda essa tecnologia nos ajuda a levar uma vida mais saudável? Pode. Espere mais novos recursos de bem-estar em soluções de automação residencial. Por exemplo, sensores e equipamentos que monitoram e melhoram a qualidade do ar interno estão começando a ser vistos. Os wearables inteligentes da Apple, Fitbit e outros já monitoram uma ampla gama de atividades e dormem, e esses dispositivos coletam informações úteis que podem ser usadas de maneira inteligente. O aumento do estresse pode ser amenizado com boa música que melhora o humor. Os sons do sono podem ser programados nos alto-falantes domésticos para promover um sono mais tranqüilo. Wearables e automação residencial podem rastrear a atividade de pessoas com deficiência ou idosos, facilitando o controle de seu bem-estar. A automação também tem o benefício adicional de tornar mais fácil para pessoas com deficiência gerenciar funções domésticas.

OPÇÕES DE SEGURANÇA EM CASA MAIS INTELIGENTES

Já vimos tremendos avanços na frente de segurança doméstica. Fechaduras inteligentes, câmeras e sensores estão ajudando a monitorar muitas outras coisas em casa. Espere ainda mais em 2019, com mais inteligência sendo aplicada à informação. As câmeras inteligentes detectarão pessoas, animais e o caminhão de entregas, para que você seja notificado apenas se algo incomum estiver acontecendo. Os sensores inteligentes relatam todos os tipos de condições ambientais em casa e analisam e monitoram dados com inteligência ao longo do tempo, em vez de alertá-lo para cada pequena alteração.

MERCADO IMOBILIÁRIO: AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL JÁ É UMA TENDÊNCIA NO SETOR

Ligar o ar condicionado, apagar a luz e trancar fechaduras tudo isso à distância são alguns dos benefícios presentes em imóveis automatizados

Já imaginou sair do trabalho após um dia quente de sol e ligar o ar condicionado através do celular minutos antes de chegar em casa? Ou que tal desligar a lâmpada que esqueceu acesa sem ter que voltar para a residência? Essas são algumas das comodidades presentes nos imóveis automatizados, importante nicho do mercado imobiliário.

Já na automação comercial, os focos são a otimização de recursos e economia. Atualmente existem tecnologias implementadas que permitem o controle de desperdício de água e energia, que aumentam a performance das empresas, proporcionando um menor custo com recursos.

 

Implementação

A implementação da automação nas residências ou prédios comerciais pode ser feita por meio da instalação de aparelhos necessários na casa ainda durante a construção ou por meio da conversão de um imóvel já construído. Essa última opção, também pode ser executada de duas maneiras: com reformas na residência ou com a implementação de um produto que descarta a necessidade de possíveis transtornos com reformas.

A Smart.Touch criou uma solução inteligente por meio de módulos que se conectam a celulares e coordenam os aparelhos da residência. Atuamos desde o ramo residencial, automatizando casas e apartamentos sem a necessidade de intervenção e obras, até ambientes empresariais, corporativos, lojas e universidades. Clientes residenciais podem controlar através do aplicativo toda iluminação, aparelhos de ar condicionado, home theater, cortinas elétricas, bomba de piscina e irrigação. Já os clientes corporativos focam mais na redução do consumo de energia e gestão de todo o negócio, alem, é claro, do controle da iluminação, aparelhos de ar condicionado e demais itens da empresa”, fala Marcos Rabelo da Smart

Segundo Marcos, a busca por residências inteligentes têm aumentado muito também na região da Baixada Santista e LItoral Norte , principalmente da região da Riviera de São Lourenço. “Hoje ter uma residência automatizada já é realidade e tendência. Importantes construtoras do país, principalmente em Santos, já estão entregando apartamentos automatizados. Esta tendência tem se espalhado pelo país . Mesmo quem possui uma casa ou apartamento construído há muitos anos, é possível ter seu imóvel automatizado sem a necessidade de obras. Esse fator, somado ao baixo custo de implementação, tem feito as buscas por automação crescerem ano após ano” considera.

 

Condomínios

Há diversas possibilidades tecnológicas com a automação residencial. Existem softwares que possibilitam ao proprietário da casa ter o conforto de climatizar a residência à distância, ser notificado quando alguém entra ou sai da casa, programar a televisão para que os filhos não usem na hora em que têm de estudar. São inúmeras possibilidades que a tecnologia proporciona tanto para conforto, quanto para segurança do lar.

Os condomínios estão adaptados para receber todas essas tecnologias. Um exemplo dessa adaptação é o condomínio que possui local para armazenar compras dos condôminos na portaria. O dono do apartamento pode fazer as compras do supermercado pelo celular e solicitar a entrega no condomínio. Quando o entregador chega, está lá o espaço com geladeira para armazenar as compras. Quando o proprietário chega, basta levar para o apartamento. São diversas coisas interessantes que o dono da casa pode fazer à distância.

Nesse cenário, os prédios contam com tecnologia no sistema de irrigação, por exemplo. A bomba é ligada nos horários programados e com quantidade ideal de água para atender à necessidade. Se esse trabalho é realizado por um ser-humano, certamente a quantidade de água utilizada será muito maior. Outros exemplos são a programação de elevadores para atender andares específicos sob demanda, a programação da climatização dos ambientes, estacionamentos inteligentes e por aí vai”.

Alexa X Siri X Google Assistant

Três assistentes de voz estão lutando por espaço para entrar na sua casa inteligente. Será que há uma assistente vencedora nessa disputa?

A Siri agora tem um alto-falante inteligente dedicado para casa. Então é hora de considerar o assistente de voz da Apple como concorrente da Alexa da Amazon e do Assistente do Google. Vamos explorar as diferenças para termos uma melhor noção dos pontos fortes de cada assistente.

Reconhecendo sua voz

No HomePod, ao contrário do iPhone, o Siri não consegue diferenciar vozes. Isso significa que qualquer um que disser “Ei, Siri” irá obter uma resposta do alto-falante inteligente da Apple. Em contraste, tanto os alto-falantes inteligentes da Amazon quanto os do Google têm recursos de treinamento de voz. Com o treinamento de voz, toda a sua família pode usar os alto-falantes, mas cada um também pode obter respostas personalizadas com base em quem o palestrante está falando.

O HomePod simplesmente não fornece essa profundidade de personalização. Dito isso, o Google e a Amazon não conseguiram acertar completamente o recurso. Durante os testes, conseguimos enganar o Alexa e o Assistente do Google fingindo ser nossos colegas de trabalho.

Fazendo chamadas

Se eu disser “Hey Siri, ligue para Frederico”  no meu iPhone, ela responde: “Chamando Frederico”. Se eu der ao HomePod exatamente o mesmo comando, ela responderá: “Eu gostaria de poder, mas não posso ajudá-lo a ligar para o HomePod”. Sim, a Siri (no HomePod) não permite que você disque. Em vez disso, o HomePod age como um viva-voz. Marque ou receba uma chamada no seu iPhone e use o botão Áudio na tela de chamada para transferir o áudio para o seu alto-falante da Apple.

 

Serviços de música

A Amazon e o Google oferecem suporte a uma ampla variedade de serviços de música de terceiros, para o assistente da Alexa ou Google Assistant possa tocar uma música do Spotify com um simples comando de voz.

A Siri no HomePod não é capaz de fazer isso. Você só pode usar comandos de voz para executar serviços de música aprovados pela Apple. Então, se você quiser usar Spotify, YouTube ou outro serviço de terceiros, você pode, mas você tem que enviar a música manualmente do seu telefone ou outro dispositivo iOS através do serviço Airplay da Apple. O que pode ser considerado limitante em relação a concorrência.

Automação

Há um certo conflito sobre o uso de “Hey, Siri” no HomePod para controlar dispositivos domésticos inteligentes. Durante a configuração do HomePod, todas as informações sobre sua rede Wi-Fi local, contatos e preferências são enviadas automaticamente para o HomePod. Isso inclui todos os produtos HomeKit existentes que você configurou no seu dispositivo iOS. É ridiculamente simples!

E toda integração de smart home é regulada pela Apple que usa o controle de voz, ou seja, ajustar um termostato ou acender luzes é fácil. Basta usar um comando básico “Hey, Siri”. Por outro lado, tanto o Alexa quanto o Google Assistant fornecem palavras de “invocação” para interagir com tipos de dispositivos que eles não suportam. Ou seja, a amazon permite que os parceiros de dispositivos criem uma soluções personalizadas. Mas, até agora, a Apple está evitando essas parcerias o que limita a sua integração com diversos produtos. Isso garante uma experiência para o usuário mais simplificada, mas em um universo mais limitado de dispositivos.

 

Questões gerais

A siri realmente fez um ótimo trabalho respondendo às minhas perguntas básicas! Assim como a  Alexa ou o Assistente do Google fazem. Se eu quiser saber a previsão do tempo, sessões de cinema em toda a cidade, o nome de alguns restaurantes locais, as últimas atualizações de notícias ou informações sobre uma música tocando no HomePod, o assistente de voz da Apple funciona muito bem.

 

 

O vencedor?

Embora a Siri tenha melhorado em termos de sua capacidade de processar e responder à linguagem natural, ela ainda tem melhorias para fazer se quiser ser tão abrangente quanto a Alexa e o Google Assistant. Eu gosto da simplicidade de “Hey, Siri” para controlar dispositivos HomeKit. Mas, novamente, a Apple tem bem menos parceiros terceirizados de smart home do que seus concorrentes. E, no geral, é um ótimo produto para levar a sua Smart House para o próximo nível.

Diferença entre Home Cinema e Home Theater

Você pode ter ouvido os dois termos e provavelmente você acha que ambos são o mesmo. Neste post vamos explicar as diferenças entre um home theater e um home cinema. Pronto?

Home Theater

Os home theaters, chamados às vezes de sala de mídia, são projetados para fornecer uma experiência incrível para sua casa. Filmes, jogos de futebol, as Olimpíadas e seu programa de TV favorito com seus amigos. Portanto os home theaters apresentam as seguintes características:

  • Ele serve como um local para assistir a filmes e programas de TV, além de ouvir música. Este espaço é, na maioria das vezes, a sua sala de estar, quarto familiar, caverna do homem ou da mulher…
  • Os home theaters são projetados para proporcionar uma experiência visual aprimorada à sua casa, além de desfrutar de esportes, eventos, filmes, programas de TV, concertos, óperas…
  • O home theater consiste muitas vezes em uma grande televisão, uma TV de tela plana, vídeo ou um projetor com tela, um sistema de alto-falantes multicanal, de som surround, receptor AV de alta definição, um DVD ou Blu-Ray player.
  • Se falamos de tecnologia, o home theater incluiria uma tela de vídeo, alto-falantes localizados na sala, assentos elegantes, mesmo com cadeiras ativadas por movimento, luminárias para suportar os audiovisuais.

Home Cinema

O Cinema em casa é uma sala dedicada apenas a uma excelente experiência de áudio e vídeo. Essa é a principal diferença com um home theater. E as salas dedicadas a sétima arte têm esses recursos:

  • Eles não funcionam como uma sala de estar, quarto familiar ou covil.
  • Eles são projetados usando um processo altamente detalhado para fornecer a melhor experiência dentro do seu espaço.
  • O cinema em casa incorpora supressão sonora e tratamentos acústicos para obter um som próximo a perfeição e natural.
  • Eles incluiriam um projetor e uma tela grande, assentos confortáveis ​​que podem ser motorizados para “sentir” o filme, design acústico e produtos premium para áudio balanceado, localizando alto-falantes para reprodução precisa de trilhas sonoras multicanal, controles ambientais como temperatura, iluminação , sombreamento, técnicas de construção de isolamento de ruído e muito mais!

O Que é uma Android TV Box?

Uma Android TV box é um media center que se conecta a sua TV para reproduzir filmes, programas de TV e até mesmo jogos. Atualmente, as Android TV box são itens populares e permitem ao usuário uma ampla variedade de usos. Como dar um upgrade na TV ou deixar o projetor tão inteligente quanto uma Smart TV.

 

 

Como Funciona?

 

A Android TV box é conectada a sua TV, Receiver ou projetor. E configurada por meio de uma conexão Ethernet ou Wi-Fi com fio. O Android é um sistema operacional, como Windows ou iOS, criado pelo Google principalmente para celulares. Ele roda em processadores baseados em ARM, o que o torna portátil para qualquer dispositivo que execute o mesmo hardware.
Como o sistema operacional Android é de código aberto e gratuito, é muito mais barato fabricar hardware com base nele.
Embora seja usado principalmente em smartphones, também pode ser instalado em pequenas caixas que executam o mesmo hardware, mas oferecem melhores opções de entrada e saída. Como saídas HDMI e áudio óptico para reproduzir mídias com qualidade máxima.

 

 

Quais tipos de Android TV Box existem?

 

As unidades são fornecidas em todos os formatos, tamanhos e faixas de preços. Como todas as coisas, hardware melhor relacionado ao computador é introduzido constantemente em muitos fabricantes. Caixas de orçamento de baixo custo estão disponíveis junto com unidades de ponta equipadas com o hardware mais recente e mais rápido. Cada caixa virá com sua própria configuração, pois os fabricantes modificam o código do Android para caber em suas máquinas. A caixa certa para a sua configuração depende muito do que se adapta às suas necessidades e faixa de preço.

 

 

As duas Android TV Box escolhidas

 

Selecionamos 2 modelos de marcas diferentes que estão em destaque no mercado. Os quesitos para escolha foram qualidade de imagem e som, funções, qualidade do produto, design, integração com outros produtos (google home e alexa) e variedade de conteúdo (acesso a streams: Netflix, Prime Video, Disney+, HBO MAXHulu e Crunchyroll)

 

O Grande Campeão

1. NVIDIA Shield TV

nvidia tv box em um fundo preto

NVIDIA Shield TV é a melhor Android TV Box que você pode comprar em 2019. A NVIDIA fez um ótimo trabalho ao oferecer atualizações de software que continuamente a tornam a melhor Shield TV. E os 16 GB de memória somado com a resolução de imagem 4K HDR são uma ótima opção para qualquer streamer. E não tem como esquecer o Google Assistent de fábrica, tornando a experiência muito mais rica. Então, sim, é absolutamente sua melhor escolha possível!

 

O Melhor Custo-Benefício

2. Fire TV Stick 4K

fire stick tv em uma imagem com fundo branco

O Fire TV Stick da Amazon é um dos streamers mais baratos que você pode comprar. Além disso os recursos de voz são os melhores da categoria e você pode controlar tudo com a Alexa. E sua seleção de aplicativos é excelente, as respostas são rápidas e a qualidade do vídeo é ótima. O controle remoto pode controlar o volume e a energia de TVs, Soundbars e receivers.

Os Melhores Roteadores Wi-Fi de 2019

Streams, jogos e navegação superior com os melhores roteadores sem fio!

Ter os melhores roteadores em casa ou no escritórios é mais importante do que nunca. Considerando que quase tudo que fazemos agora é online. Trabalhamos online, jogamos online, fazemos negócios on-line, até socializamos e assistimos a filmes. Investir em um roteador de alto nível, portanto, pode fazer um mundo de diferença para nossas vidas diárias.

Afinal, se você está apenas assistindo seus programas favoritos no Netflix é imperativo uma conexão estável e rápida. É por isso que encontrar o melhor roteador sem fio para você é essencial.

 

1. Google Wifi

três roteadores google wifi em bancada preta com parede de madeira

 

O futuro da rede sem fio fica acessível

Velocidade: 802.11ac 5GHz down: 101.41 Mbps, 2.4GHz down: 47.53 Mbps | Conectividade: 2xGigabit Ethernet ports per Wifi point | Funcionalidades: AC1200 2 x 2 Wave 2 Wi-Fi, TX beamforming, Bluetooth Smart ready

Os dias dos roteadores sem fio tradicionais estão quase no fim. E a era dos roteadores mesh sem fio chegou. O Google Wifi, por si só, é a prova de que estamos nessa revolução. Você pode finalmente dizer adeus aos dias em que a única maneira de conseguir a liberdade sem fio era instalar um monte de extensores sem fio. A premissa do Google Wifi é simples, compre um conjunto de pontos e posicione-os em áreas estratégicas em sua casa. Em seguida, basta digitalizar um código QR e pronto. Logo não é coincidência que o roteador que encabeça nossa melhor lista de roteadores sem fio de 2019 seja também o mais fácil de configurar.

 

três tp links em uma bancada de madeira de boa qualidade

 

O roteador para casa inteligente

Velocidade: 5GHz: up to 867Mbps, 2.4GHz: up to 400Mbps | Conectividade: 2xGigabit WAN/LAN, USB 2.0 | Funcionalidades: Tri-Band Wi-Fi, Dead-zone killer, Built-in smart hub, Built-in Antivirus, QoS, Controle Parental

Atualmente, o mercado está saturado de roteadores de malha sem fio. No entanto, é difícil reclamar, pois o nível de cobertura que esses roteadores oferecem está além de qualquer coisa que já vimos no passado. Com dispositivos como o TP-Link Deco M9, um dos melhores roteadores sem fio de 2019. Podemos ver como eles continuam melhorando. Ao integrar o suporte de casa inteligente da IoT, além das velocidades e cobertura padrão da indústria. O Deco M9 TP-Link é, sem dúvida, uma escolha fantástica para os adeptos da casa inteligente. E aqui damos um aviso justo, é um pouco caro, mas você está recebendo o que há de melhor em recursos e excelente desempenho em troca.

 

3. Samsung Connect Home

roteador samsung nem tão bonito entre plantas e potes

 

A escolha inteligente

Velocidade: AC1300 (5GHz: 866Mbps; 2.4GHz: 400Mbps) | Conectividade: 2xGigabit Ethernet per Wifi point | Funcionalidades: MU-MIMO, Smart-home hub, Tri-band Wi-Fi, Smart device management

Agora que as casas inteligentes estão se tornando mais comuns. Mais pessoas precisam de roteadores sem fio que também funcionam como hubs domésticos inteligentes. Isso faz maravilhas pela conveniência, e também ajuda a reduzir a confusão criada por vários roteadores, modems e hubs. O Samsung Connect Home faz exatamente isso e ele mantém o seu próprio desempenho, além de ser um hub para SmartThings. Apesar de não ser o roteador sem fio mais rico em recursos disponível atualmente. Ainda é um dos melhores roteadores sem fio, especialmente se sua casa estiver cheia de dispositivos inteligentes.

 

archer c5400 surfando na internet metalizada da sexta dimensão

 

Aparência diferente, performance extraordinária

Velocidade: 802.11ac 5GHz down: up to 2,167 Mbps, 2.4GHz down: up to 1,000 Mbps | Conectividade: 4xLAN, WAN, USB 3.0, USB 2.0 | Funcionalidades: MU-MIMO, Tri-band Wi-Fi, 8 antenas, controle com Alexa

Se você estiver atrás de um dos melhores roteadores sem fio mais potentes de 2019. E um design de ficção científica inspirado nos anos 90 for atraente para você… Não procure mais, o TP-Link Archer C5400 v2 é a escolha ideal para você. Não é exatamente o roteador de malha de aparência mais moderna. Mas é exclusivo, com capacidade de reunir usuários corporativos e consumidores. Além de apresentar funcionalidades de ponta a um preço razoável. E apesaar de ser estranho não há como errar. Ainda mais se você estiver procurando por um roteador sem fio que possa cobrir uma casa considerável.

 

5. Asus RT-AC86U

roteador asus que parece o cebolinha da turma da inbonha

 

Performance diferenciada, assim como o design

Velocidade: 802.11ac 1734 Mbps down | Conectividade: 4 x Gigabit LAN, Gigabit Wan, USB 2.0, USB 3.0 | Funcionalidades: MU-MIMO, Traffic Analyzer, Adaptive QoS, WTFast Gamers Private Network

Se você estiver familiarizado com a Asus, principalmente com seus produtos de jogos, saberá o que esperar com a Asus RT-AC86U. Esse roteador sem fio pode se parecer com o que aconteceria se você colocasse Doritos e Redbull em uma máquina de fabricação de roteadores. No entanto, além desse design extravagante, há um hardware que, por seu preço, supera com facilidade quase todos os roteadores sem fio do mercado. Se você não quer pagar um valor exorbitante por um roteador de altas velocidades, o Asus RT-AC86U é uma excelente opção.

Cortinas Automatizadas: conheça algumas vantagens

A cortina é um elemento decorativo fundamental em qualquer casa. E a sua função não é somente estética, pois uma casa sustentável precisa de uma ótima ventilação com o uso correto de cortinas e persianas. Mas você já pensou em abrir e fechar as suas cortinas sem nem precisar colocar as mãos nela? Toda essa praticidade parece mágica, mas é automação dentro da suas casa! Isso é possível ao automatizar as suas cortinas. Simples, né?! E tem vários modelos pra escolher. Quer saber mais sobre essa inovação? Vem comigo!

Vantagens da Cortina na Automação

A cortina automatizada tem um motor que abre e fecha ela automaticamente. E dá pra controlar o motor de duas maneiras basicamente: o contato seco (que é um interruptor na parede) e por radiofrequência (controle remoto). Mas será que nós queremos controlar as cortinas e as persianas somente pelo controle remoto e o interruptor? Ou queremos controlar também utilizando o smartphone e comandos de voz pelo Google Home e pela Alexa??

Não existe segredo! Uma vez que as suas cortinas estão motorizadas você pode adicioná-las facilmente ao resto da automação da casa. Isso porque os motores conseguem se comunicar com o seu celular e automação da casa por  placas Bluetooth e Wi-fi.

E o que você pode fazer com as suas cortinas do futuro? O único limite é a imaginação! É possível programar as cortinas pra abrir num determinado horário, por exemplo. Ideal pra você acordar já com o sol entrando no quarto! Consegue imaginar uma sensação mais gostosa?

Além disso, dá pra programar vários níveis de abertura da cortina! Ela pode ficar meio aberta no horário mais quente ou fechar totalmente depois que o sol se põe. Outra vantagem incrível é a possibilidade de escolher qualquer tipo de tecido para sua cortina! E fique tranquilo quanto a durabilidade da sua cortina, pois com a automação a cortina não sofre o estresse físico de ser puxada! O que aumenta a sua vida útil.

Qual tela de projeção para home theater escolher para o seu cinema em casa?

Resumidamente, você se preocupa com a qualidade da imagem do seu cinema em casa? Então você precisa obter uma tela de projeção para o seu projetor! Para desfrutar de uma imagem muito melhor do que simplesmente projetar em uma parede.

O melhor tamanho de tela dependerá da preferência pessoal e da distância de visualização. Uma recomendação comum para a visualização da distância é 1-1/2 vezes a diagonal da tela para um projetor HD e uma vez a diagonal para 4K. Existem dois tipos básicos de estrutura: quadro fixo e retrátil. As telas retráteis podem ser motorizadas ou manuais. Ao escolher o material, alguns fatores podem ajudar a garantir a melhor correspondência com seu projetor e sala:

  • Ganho – Afeta o brilho da imagem; quanto maior o ganho mais clara é a imagem.
  • Cor – As telas coloridas geralmente são brancas ou um pouco de cinza. Telas cinza podem aumentar o contraste e fornecer pretos mais profundos.
  • Textura – As telas podem revelar todos os detalhes em vídeo HD de até 1080p. Algumas telas têm uma textura mais fina ou “grit” e podem ser usadas com projetores 4K.
  • As telas especiais de “rejeição de luz ambiente” podem fornecer uma imagem nítida e colorida mesmo com as luzes da sala acesas.
  • As telas acusticamente transparentes permitem que o som passe, para que você possa instalar os alto-falantes atrás da tela para ter uma aparência limpa.

 projeção para home theater

Por que uma tela funciona melhor que uma parede?

Muitas vezes, quando alguém obtém seu primeiro projetor, ele pula a tela de projeção para economizar dinheiro e simplesmente projeta em uma parede. Uma tela de boa qualidade aumenta o custo de uma configuração do projetor, mas melhora a qualidade da imagem e o prazer geral, permitindo o cinema entregar todo o seu potencial, tanto que a tela é considera um item absolutamente essencial para o projeto.

Qual tamanho você deve escolher?

Quando se trata de TVs, geralmente sugerimos que você use a maior tela que caiba em seu espaço e orçamento. No entanto, para telas de projetor, o espaço é o principal fator limitante. Porque enquanto há uma grande diferença de preço entre uma TV de 60 “e uma de 75”, não há muita diferença entre uma tela de 106 “e uma de 120”.

Mas não estou sugerindo que maior é sempre melhor. Projetar uma imagem muito grande pode produzir uma imagem com brilho menor do que o ideal ou uma estrutura de pixels perceptível. Então o tamanho da sua tela determinará a que distância você deve se sentar para uma visualização ideal. Para um projetor HD 1080p, a regra geral para a visualização da distância é 1-1/2 vezes a diagonal da tela. Portanto, se a diagonal da sua tela for de 120″ (aproximadamente 3 metros), você deve se sentar a cerca de 4,5 metros da tela.

Se você tem um projetor 4K Ultra HD, pode ficar tão próximo quanto uma vez a diagonal da tela. Isso é muito mais próximo do que a maioria das pessoas está acostumada. Mas quando você senta mais perto, é mais fácil ver detalhes e profundidade de imagem mais precisos do 4K.

 projeção para home theater

Dois tipos básicos: quadro fixo e retrátil

Existem apenas dois tipos básicos de tela: quadro fixo e retrátil. Uma tela de quadro fixo requer uma grande parte do espaço vazio na parede, por isso é mais comum em cinemas domésticos dedicados.

Telas retráteis são enroladas em um estojo quando não estão em uso. Você pode escolher entre telas retráteis manuais baratas e as elétricas. As telas elétricas são mais sofisticadas, com um motor elétrico embutido para abaixar e elevar, conhecido como lift.

Escolhendo o material correto

Uma vez que você tenha decidido sobre a o tamanho e tipo de tela, sua próxima consideração deve ser qual o material da tela. É importante porque o material é onde você pode escolher algo que funciona especialmente bem com seu projetor e/ou sala. Os aspectos materiais da tela em que nos concentramos são ganho, cor e textura.

 

  • O que é ganho de tela?

A quantidade de luz do seu projetor que é refletida de volta para os espectadores é chamada de “ganho”. Maior ganho significa mais luz refletida e uma imagem mais brilhante. Para obter-se diferentes valores de ganho são utilizados diferentes revestimentos de  material de tela de vinil como base. Um ganho maior pode ajudar a fornecer uma imagem mais brilhante. Característica necessária para telas muito grandes ou em salas com luz ambiente significativa.

 

  • Que cor de tela devo escolher?

A cor do tecido afeta principalmente o contraste da imagem projetada. As telas brancas são o padrão da indústria devido ao seu brilho, enquanto as telas cinzas são melhores para lidar com tons mais escuros.

As telas cinzas, também conhecidas como telas de “alto contraste”, se tornaram populares devido aos projetores com menos recursos de contraste do que os atuais projetores de home theater.

Quanto custa assinar os principais serviços de streaming de vídeo no País

Não vai custar nada barato ser assinante dos principais serviços de streaming de vídeo disponíveis no Brasil. Para não perder nada e obter acesso aos nove principais plataformas de transmissão de filmes, séries, animações e documentários pela internet é preciso desembolsar mais de 200 reais por mês.

Para o cálculo inicial, a Exame considerou apenas o preço dos pacotes de entrada dos aplicativos e em uma assinatura mensal (o que não garante descontos no caso de planos com durações mais longas). Também foram excluídos dos cálculos os dias gratuitos ofertados para novos assinantes desses serviços.

Não vai custar nada barato ser assinante dos principais serviços de streaming de vídeo disponíveis no Brasil. Para não perder nada e obter acesso aos nove principais plataformas de transmissão de filmes, séries, animações e documentários pela internet é preciso desembolsar mais de 200 reais por mês.

Para o cálculo inicial, consideramos apenas o preço dos pacotes de entrada dos aplicativos e em uma assinatura mensal (o que não garante descontos no caso de planos com durações mais longas). Também foram excluídos dos cálculos os dias gratuitos ofertados para novos assinantes desses serviços.

Pode ficar mais caro

Ao que tudo indica, a guerra dos serviços de streaming está apenas começando. Previsto para desembarcar no Brasil já em novembro, o Apple TV+ custa menos cinco dólares no exterior e oferecerá mais uma opção de conteúdo aos streamers.

Ainda sem previsão para chegar por aqui, o Disney+ estreia nos Estados Unidos no dia 12 novembro e terá assinatura custando a partir e 6,99 dólares mensais. O valor pode subir para 12 dólares por mês adição de conteúdo da ESPN e da Hulu. O serviço deve levar mais alguns meses para chegar na América Latina.

Por fim há ainda a reformulação do HBO Go para o HBO Max, que passará a exibir também conteúdo de diferentes estúdios de animação e cinema, como a Warner – o que garante a transmissão do seriado “Friends”, por exemplo. Com expectativa para estrear somente em 2020, ainda não há informações de valores.

Veja quanto custa a assinatura de cada serviço de streaming: 

  • Netflix: de R$ 21,90 até R$ 45,90
  • Amazon Prime Video: R$ 9,90
  • HBO Go: de R$ 34,90
  • Telecine Play: R$ 37,90
  • Globo Play: R$ 19,90
  • Oldflix: de R$ 12,90 até R$ 16,90
  • Mubi: R$ 27,90
  • Crunchyroll: R$ 25,00
  • Looke: de R$ 16,90 até R$ 25,90