Vai ficar em casa no carnaval? Dicas de filmes para assistir

Fevereiro está repleto de excelentes filmes para assistir nos cinemas de todo o país. Entre as estreias do mês, muitas delas estão concorrendo ao Oscar em diferentes categorias.

“Estrelas Além do Tempo”,  “Jackie” e “A Qualquer Custo” chegam às telonas nesta semana. Já os indicados “Um Homem Chamado Ove”, “Lion – Uma Jornada Para Casa” e  “Aliados” chegam aos cinemas no dia 16. “Moonlight: Sob a Luz do Luar” estreia dia 23 e também concorre em diferentes categorias do Oscar.

“A Espera” 

Direção: Piero Messina
Duração: 100 minutos
Gênero: Drama
Elenco: Juliette Binoche, Lou de Laâge, Giorgio Colangeli, Domenico Diele, Antonio Folletto, Corinna Locastro e Giovanni Anzaldo
Países: França e Itália

 

“Estrelas Além do Tempo” –  (Indicado ao Oscar 2017)

Direção: Theodore Melfi
Duração: 127 minutos
Gênero: Drama
Elenco: Taraji P. Henson, Octavia Spencer, Janelle Monáe, Kevin Costner, Kirsten Dunst, Aldis Hodge, Jim Parsons, Mahershala Ali e outros
País: Estados Unidos

“Jackie” –  (Indicado ao Oscar 2017)

Direção: Pablo Larraín
Duração: 100 minutos
Gênero: Drama
Elenco: Natalie Portman, Peter Sarsgaard, Greta Gerwig, Billy Crudup, John Hurt, Richard E. Grant, John Carroll Lynch, Beth Grant e outros.
País: Estados Unidos

 

“LEGO Batman: O Filme”

 

ireção: Chris McKay
Duração: 105 minutos
Gênero: Animação
Elenco:  Will Arnett, Zach Galifianakis, Michael Cera
Países: Dinamarca e Estados Unidos

COMO AGREGUAR VALOR AO SERVIÇO DE ARQUITETURA E DESIGN DE INTERIOR

A importância do design de interior e arquitetura tem crescido bastante nas residências brasileiras e a automação se aproxima para reforçar isso.Cada vez mais a população está usufruindo de sua própria residência para o lazer. Isso faz com que o investimento do usuário em estrutura, decoração e equipamentos para o conforto do lar se torne cada vez mais prioritário. Essa demanda aumenta proporcionalmente à medida que a idade e o número de membros na família aumenta.

wifi_cozinha

A sociedade está em transformação. E a residência deve acompanhar tais mudanças para seu benefício. A busca pelo bem estar é constante para as pessoas principalmente quando aliado à segurança e ao conforto. O designer ou arquiteto é responsável por edificar cada momento social do usuário viabilizando as necessidades técnicas, funcionais e estéticas de cada ambiente.

Portanto para desenvolver um projeto de design de interiores, o profissional harmoniza, em um determinado espaço, móveis, objetos e acessórios, procurando conciliar conforto, praticidade e beleza. Porém, é necessário ao profissional muito estudo em cada serviço e ainda inovar suas competências. O profissional deve fazer uso das melhores estratégias para manter-se em sintonia com as demandas do mercado de trabalho e do público, tendo em vista o crescimento e a diversificação das atividades ligadas ao design de interior e arquitetura.

AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL

 

A velocidade de lançamentos de novas tecnologias, a grande variedade de produtos e a intensificação da concorrência têm gerado a necessidade de investir em novos conhecimentos aos profissionais. A automação se apresenta como uma ótima ferramenta para fazer esse diferencial e agregar valor ao serviço, pois além de incorporar tecnologia ao projeto a automação residencial irá salientar ainda mais cada detalhe da decoração, do projeto arquitetônico, de iluminação e principalmente a sensação de conforto de tudo isso para o cliente.

Automação Residencial ajuda a tornar a maior parte dos equipamentos eletrônicos da sua casa automático. Imagine controlar o ar condicionado, a televisão, as luzes, a cortina ou mesmo a irrigação do jardim com alguns cliques no seu iPhone ou no iPad. É a sua casa inteligente com automação residencial.

Benefícios da automação residencial para seu cliente:

Conforto e Praticidade

  • Controle de todas as funcionalidades da residência de um só dispositivo (Smartphone, tablet ou interruptor).
  • Controle através de cenas
(acionamento conjunto de equipamentos).
  • Efeitos luminotécnicos.

Segurança

  • Controle de acesso
(histórico de acesso à residência).
  • Visualização de câmeras pelas interfaces (Tablets e Smartphones).

Sustentabilidade

  •  Diminuição da ilha de calor, do efeito de tempestades e poluição luminosa.
  •  Reuso da água
  •  Diminuição do consumo de energia por gestão 
do consumo – monitoramento e atuação
  •  Qualidade interna do ambiente

TV ou projetor? Tecnologia promete tela grande em qualquer sala

Se você está entre aqueles que gostariam de ter uma imagem de mais de 100”, mas imagina não ter muito espaço para tanto, a novidade da SIM2 pode ser interessante. Batizado pela empresa italiana de Laser Display xTV, a solução – que acaba de chegar ao Brasil pelas mãos da distribuidora Som Maior – consiste em um projetor do tipo ultra-short throw, com lente de ultra curta distância.

home theater em santos 2017

É possível posicionar o produto sobre um rack, ou embuti-lo num móvel sob medida, e projetar imagens de 85” a 110”, a uma distância de menos de 50cm da parede. O Laser Display xTV foi uma das atrações da última CEDIA EXPO (EUA), porque envolve uma ideia que começou no segmento corporativo, mais precisamente na área educacional, mas que agora amadurece para ser viável também em home theater.

Desenvolvemos projetos de Home Theater e instalação de sistemas de áudio e vídeo dos mais diversos níveis. A Smart.Touch conta com equipe gabaritada tecnicamente para a realização dos serviços. Do pré-cabeamento durante a obra ou reforma até a instalação final de equipamentos, o acompanhamento técnico da nossa equipe é total. Solicite orçamento 

home-theater

Em um elegante e discreto gabinete feito em cristal, a SIM2 manteve o já conhecido padrão de design refinado, similar ao dos seus projetores, aliado a resolução Full-HD (1.920x1080p) e a fonte de luz baseada em tecnologia a laser. Essa é uma tendência em função do elevado brilho que produz (até 2900 ANSI Lumens), longa duração da uniformidade de cores por praticamente toda a sua vida útil, de até 20 mil horas.

As casas inteligentes e Internet das coisas

Todos os dias, vários aspectos de nossas vidas estão se tornando mais simples – e mais conectados – através da Internet das Coisas e a tecnologia de casa inteligente. Estamos constantemente  gerando dados, recebendo informações, e em comunicação em tempo real com os nossos dispositivos e uns aos outros – a partir de qualquer lugar, a qualquer momento. E essa conexão só é crescente. Em 2020, o número de dispositivos inteligentes em casa vai mais que dobrar.

Então, quais serão os grandes saltos que estas indústrias darão  em 2017?
Casa-inteligente

Os dados serão submetidos a uma enorme transformação

Quando as empresas de “casa inteligente”  lançaram pela primeira vez suas soluções, elas não têm acesso aos dados do usuário da forma que  têm hoje.

Agora, inundado com uma quantidade abundante de informações sobre a atividade do usuário, suas preferências e objetivos, as empresas da Internet das coisas estão transformando esses dados em notificações para oferecer aos usuários  muitas dicas tão interessantes quanto possível.

Os usuários de hoje estão mais informados  sobre a  casa inteligente, mas isto está chegando a eles  a um custo oscilante, em alguns momentos poucas notificações, em outras há uma sobrecarga de dados.

Para evitar sobrecarregar os usuários com um dilúvio de alertas em seus dispositivos inteligentes, as empresas da Internet das coisas vão  precisar organizar, priorizar e agilizar dados – e, em seguida, apresentá-los corretamente. Alguns podem querer apenas os alertas que têm impacto sobre a vida – como um alarme para avisar os usuários sobre um vazamento de gás – enquanto os outros vão achar incrível valor em alertas de inatividade, como quando um usuário  se esquece de agendar a preparação do  seu café…

Quais os alertas são mais importantes? Quando eles devem ser compartilhados? Como eles devem ser compartilhados? Estas são perguntas que as empresas da Internet das coisas precisam formular a si mesmas para garantir uma experiência de usuário agradável e um contingente de  utilizadores informados e felizes.

Automação Residencial ajuda a tornar a maior parte dos equipamentos eletrônicos da sua casa automático. Imagine controlar o ar condicionado, a televisão, as luzes, a cortina ou mesmo a irrigação do jardim com alguns cliques no seu iPhone ou no iPad. É a sua casa inteligente com automação residencial. Consulte nossas soluções
automacao-residencial

As empresas vão se tornar marcas de uso doméstico, e não itens de luxo

Os primeiros consumidores de produtos para o lar inteligentes são um pequeno grupo de fanáticos por tecnologia. No entanto, o grupo demográfico de usuários domésticos está se expandindo  rapidamente para  a fixa além dos 40 anos.

As empresas de casa inteligentes têm desenvolvido muitos refinamentos, extensões e atualizações para tornar seus produtos mais acessíveis e valiosos para os proprietários. Devido a isso, em 2016, as empresas de casa inteligente como Nest, Ecobee, Agosto e Anel – para citar alguns – devem se tornar marcas domésticas e não serem vistos como produtos sofisticados mas não necessários no dia a dia de um morador.

De fato, 68 por cento dos americanos acreditam que as  casas inteligentes serão tão comuns quanto os smartphones  dentro de 10 anos.

O custo de possuir uma casa é a maior despesa na vida de um proprietário.  A habitação também  consome a maior parte do orçamento de uma pessoa comum, respondendo por 33 por cento das suas despesas anuais.

Produtos para o lar inteligentes prometem economizar tempo, energia e dinheiro para os proprietários, com 45% dos usuários de produtos inteligentes dizendo que o uso destes  estes produtos economizou US $ 1.100 por ano, e 87 por cento dizendo que eles fizeram suas vidas mais fáceis. Como resultado, produtos para o lar inteligentes devem se tornar marcas domésticas padrão no ano que vem.
size_960_16_9_smartphone166

Recursos de software vão se expandir para além do hardware

Hardware sempre foi a espinha dorsal de produtos domésticos. Uma vez que você é o dono de um produto, você estava preso  a ele até  comprar uma nova versão.

Deseja um o novo  refrigerador? Compre o mais elegante, uma versão prateada com gavetas do congelador e gelo picado. Quer um termostato melhor? Compre a nova edição de design cool preto e com uma tela de toque.

Voce pode dizer o quão bem um produto funcionou  olhando para o hardware à sua frente – e o novo hardware significou então um produto melhor. No entanto, agora que as empresas da Internet das coisas dominam o hardware, 2016 será o ano do software com  uma visão sofisticada do futuro.

Produtos de casa inteligente, em 2016 vão oferecer tecnologia sem precedentes – muito mais do que o produto físico que você vê na sua frente. Empresas da Internet das coisas vão começar a ampliar o valor de suas plataformas de hardware com a adição de atualizações avançadas e integrações com serviços de software profissionais vinculados aos seus mercados.

Através destas integrações, os usuários ganharão melhores recursos, mais possibilidades e mais valor a partir do mesmo hardware que já possuem.  Um hardware Impressionante simplesmente não será suficiente – software inovador será uma obrigação.

Produtos da Internet das coisas serão  forçados a se concentrar em segurança

Setenta e um por cento dos consumidores temem que sua informação pessoal possa ser roubada ao utilizar produtos domésticos inteligentes. Na verdade, os consumidores dizem que eles estão mais preocupados com isso do que com o custo da tecnologia.

IoT  vai continuar a  conectar mais e mais aspectos de nossas vidas, isso significa que mais e mais da nossa informação privada está sendo confiada nas mãos de empresas da Internet das coisas. Em 2016, as empresas da Internet das coisas serão forçadas a aumentar os recursos de segurança para garantir que as informações privadas dos usuários estejam mais seguras do que nunca.

Uma vez que as empresas da Internet das coisas programem  esses recursos de segurança, será essencial  uma comunicação  eficaz de como os seus produtos são seguros, para converter os consumidores preocupados em compradores. Assim, fornecer informações claras sobre como os seus produtos são seguros e por que os usuários não precisam se preocupar com a segurança de suas informações serão procedimentos  absolutamente decisivos em 2016.

A UTILIZAÇÃO DE LÂMPADAS LED NO PROJETO RESIDENCIAL E COMERCIAL DE ILUMINAÇÃO.

Com o aumento do custo de energia no cenário mundial atual, a economia de energia e o desenvolvimento sustentável tornaram-se algo fundamental. Como cerca de 20% da energia elétrica consumida no mundo é gasta com iluminação, há uma necessidade de que esse mercado avance oferecendo lâmpadas com alta eficiência luminosa. A eficiência dos Leds tornou-se expressiva somente na última década, pois, até então, eram usados somente como sinalização.

O LED (sigla para Light Emitting Diode) trabalham com diodo emitindo luz. E, apesar de a tecnologia não ser tão nova, nem todos sabem como utilizá-las ou conhecem todas as vantagens dessa tecnologia.

aprenda-a-escolher iluminação correta

As lâmpadas LED podem economizar de 75% até 95% da energia que é consumida por outros tipos de componentes, resultando em uma conta de luz mais baixa.

Outra grande qualidade das lâmpadas LED é o fato de que elas podem ser encontradas em tamanhos bem reduzidos, de forma que é possível iluminar ambientes pequenos — como o fundo do armário, por exemplo. Além disso, o tempo de vida desses componentes é bem alto, chegando perto dos 10 anos. Existem vários estudos feitos por lighting designers, arquitetos e designers de interior sobre a aplicação do Led no lugar de outros tipos de lâmpadas. Deve-se ter cuidado, pois a má utilização pode estragar o projeto ou complicações posteriores em um projeto de automação residencial. Não basta substituir uma lâmpada dicroica por uma de led, pois os fluxos luminosos são diferentes. Isso porque o LED não resiste a outra fonte luminosa que concorra diretamente com sua luminosidade – o led some se isso acontecer.

Automação Residencial ajuda a tornar a maior parte dos equipamentos eletrônicos da sua casa automático. Imagine controlar o ar condicionado, a televisão, as luzes, a cortina ou mesmo a irrigação do jardim com alguns cliques no seu iPhone ou no iPad. É a sua casa inteligente com automação residencial. Solicite orçamento

automacao-residencial

A tecnologia LED apresenta uma complicação importante para os projetos luminotécnicos e de automação residencial. A sua dimerização.

A variação do fluxo luminoso (dimerização) dos Leds é baseada na variação linear da corrente contínua ou por modulação por largura de pulso (PWM) da corrente nominal. Na prática, as frequências baixas do LED farão com que a iluminação comece a piscar, ou seja, ocorrerá o efeito de flicker. Portanto, é importante estar atento na hora da compra da lâmpada LED. Essa tecnologia tomou conta e hoje existem uma infinidade de marcas de lâmpadas, entretanto poucas possibilitam uma apropriada dimerização, mesmo aquelas intituladas “dimerizáveis”. A dica é pesquisar pela qualidade e não pelo preço. Sim, as boas lâmpadas são mais caras.

Consumo de energia e eficiência.

A energia consumida pelo LED é revertida em iluminação e não em calor, consequentemente sem desperdício de energia.

  • Lâmpada incandescente 60 W = luminária LED de 4,5 W com economia de 55,5 W/hora.
  • Lâmpada fluorescente tubular de 40 W = luminária LED de 18 W com economia de 22 W/hora.
  • Lâmpada dicroica 50 W = luminária LED de 6 W com economia de 44 W/hora.

Reposição das lâmpadas.

O LED pode chegar a mais de 50.000 horas de vida útil, enquanto que:

  • Incandescente = 1.000 horas
  • Fluorescente Compacta = 6.000 horas
  • Fluorescente Tubular = 7.000 horas
  • Halógena = 3.000 horas

Qual o tipo de painel da TV pode garantir melhor imagem na sua sala

Quem está prestes a comprar um televisor LED-LCD nos questionam sobre tipos de painel, em especial VA (Vertical Alignment) e IPS (In-Plane Switching), e qual apresenta a melhor qualidade de imagem. Sabemos que o painel utilizado por uma TV está diretamente relacionado à qualidade de imagem. Isso não significa dizer que existe um painel superior em todos os quesitos, mas há determinadas características que pesam a favor de uma tecnologia em relação à outra.

painel para tv e home theater

No caso do painel IPS, utilizado pela LG e alguns modelos da Panasonic e Sony, o ângulo de visão é, sem dúvida, uma grande vantagem, principalmente para quem tem uma sala com sofás ou poltronas nas laterais da sala. Com o IPS as variações de cores e de brilho se alteram pouco em ângulos extremos. Além disso, é o tipo de painel preferido por quem assiste TV durante o dia, pois os reflexos costumam ser mais sutis, o que evita prejuízos consideráveis às cores.

A Smart.Touch desenvolve para seus clientes projetos de Home Theater e instalação de sistemas de áudio e vídeo personalizados e customizados, seja qual for seu estilo.

home-theater

Já o painel VA tem como grande mérito o contraste. Dependendo do aparelho, é possível ter um nível de preto bastante profundo, por isso é o preferido por quem assiste a filmes à noite, ou no escuro. Por outro lado, perde em saturação na medida em que nos posicionamos lateralmente à tela.

Portanto, se você assiste séries e filmes à noite e de frente para a TV, um modelo com painel VA tem mais chances de agradá-lo; mas se for de dia, em ambientes claros, e a partir de qualquer posição, o IPS pode ser a melhor alternativa.

Conheça o Aquijo, maior veleiro já construído pelo homem

Se você tiver alguns milhares de euros sobrando na conta, cruzar os sete mares a bordo do barco da foto até que não seria má ideia! A máquina em questão é o Aquijo, maior veleiro já construído pelo homem que foi lançado ao mar pela Oceanco com 86 metros de comprimento e velocidade de cruzeiro de 15 nós.

g3erh2dd

Mas não só os números que impressionam no Aquijo: em seu interior, o veleiro oferece certas regalias que atendem ao público mais exigentes. O layout, totalmente customizado para o dono da embarcação, conta com sete cabines que comportam 12 convidados, além de espaço para 17 tripulantes.

A SMART.TOUCH OFERECE SOLUÇÕES COMPLETAS EM ÁUDIO E VÍDEO PARA SALAS DE REUNIÕES, TAIS COMO MESAS DE SOM, AMPLIFICADORES, MICROFONES, TABLETOP, CAIXAS DE SOM, HOME THEATER, PROJETORES, TELAS DE PROJEÇÃO, CABOS, SISTEMAS ESPECIALIZADOS PARA VIDEOCONFERÊNCIA E SISTEMAS QUE COMANDAM E INTEGRAM ESSES EQUIPAMENTOS.

corporativo

Os decks têm amplas jacuzzis e sofás, enquanto no interior, o Aquijo oferece elevadores, sala de ginásticas, sauna, bares, espaços para jantares e inúmeras salas de convivência.

mkg12cru

O valor desembolsado pelo proprietário do veleiro não foi divulgado. Mas se você quiser passar uma temporada a bordo do iate, é possível alugar o Aquijo por 400 mil euros durante uma semana no Mediterrâneo (ou em Cuba e nas Bahamas, se você preferir a temporada de inverno).

p5an76rw

Dicas de decoração para o consultório ou clínica com um ambiente agrável

A máxima de que “a primeira impressão é que fica” muitas vezes prevalece e é bom estar atento a isto. O primeiro contato com a secretária é fundamental, mas o fato das pessoas constatarem que existem organização e capricho na “porta de entrada” favorece e traz conforto e a sensação de que o atendimento será conforme o desejado.

dicas de decoração para consultórios

Bom gosto e equilíbrio devem estar presentes na arquitetura e na decoração de consultórios e clínicas. É preciso ter em mente que um ambiente calmo, sóbrio na decoração e nas cores, é fator importante que pode influenciar na recuperação de um enfermo. Além de cumprir as normas de higiene e de segurança, o local deve ser convidativo e aconchegante, desde a recepção até o consultório médico e às salas de exames.

 

Se você já tem um consultório há alguns anos, aproveite o espírito de renovação do primeiro mês do ano e avalie se não seria necessário uma reforma. Em todos os casos, confira algumas sugestões que preparamos para que você possa proporcionar aos seus pacientes um belo cartão de visitas.

 

1 – Quais cores usar?

 

Cores ideiais para consultórios médicos

 

As cores devem tranquilizar e transmitir um ambiente de paz, aconchegante, não só para os que estejam acometidos de algum mal, mas também seus familiares, acompanhantes e aqueles que transitam pelo local. Deve-se evitar, assim, aquelas que possam agredir os olhos e provocar agitação nos pacientes.

 

O azul e o verde são cores consideradas ideais para combinar com a madeira. Já as cores mais fortes, como o vermelho e o preto, podem ser colocadas em objetos decorativos e nos quadros nas paredes, quebrando a monotonia e trazendo mais alegria para o local. Também denotam maior requinte e podem ser utilizadas se a opção for por um ambiente mais sofisticado e moderno. Em ambas as alternativas, uma atenção especial deve ser dada ao se optar pela iluminação, que deve compor com o planejamento de todo o design.

 

É importante dar uma atenção especial e combinar as cores do consultório e da clínica com o trabalho do profissional, remetendo os objetos de decoração à sua respectiva especialidade médica. Em uma clínica, vidros podem separar a recepção dos consultórios.

 

2 – Qual o melhor tipo de piso?

 

Piso para consultório médico

 

Os tons claros são considerados como opção ideal para os pequenos ambientes e as cores com tons de cinza podem ser utilizadas quando se tiver o objetivo de ampliar o espaço. O porcelanato é uma opção prática e moderna.

3 – Espaço e Segurança

 

Espaço Consultório Médico

 

O ambiente precisa proporcionar mobilidade e segurança, permitindo o trânsito de uma cadeiras de rodas de forma fácil e tranquila. Se receber crianças, é importante não deixar objetos pequenos ou pontiagudos ao alcance.

 

4 – Cadeiras, televisão, revistas, água e… cafezinho!

 

Cafezinho na sala de espera

 

O médico está atrasado, a consulta se prolonga e é preciso que a sala de espera tenha atrativos que ajudem o paciente a vencer o cansaço e não ficar irritado. Além dos esforços da secretária, televisão e revistas são infalíveis, mas também não podem faltar a água, o cafezinho e algum tipo de bolachas para enganar o estômago. Porém, é preciso pensar na ocupação destes espaços e, principalmente, no conforto a ser proporcionado pelas cadeiras ou poltronas. Preferencialmente, estas deverão ser de couro natural ou sintético e fáceis de lavar. Não é recomendável utilizar tapetes e as persianas do tipo rolo são as indicadas pela Vigilância Sanitária.

 

5 – Música ambiente?

 

Música Ambiente Sala de Espera

 

A música ambiente pode ser utilizada tanto na recepção quanto em outro local de espera, após o primeiro atendimento. Deve ser escolhida com o intuito de transmitir sobretudo tranquilidade. Nada de barulhos estridentes. A opção pode recair, preferencialmente, pela música clássica, abrangendo os estilos barroco, renascentista e romântico, além de Mozart, que é sempre um santo remédio. Fica a sugestão de revezar com a New Age de Enya, Yanni e Loreena McKennitt, além das melodias mais calmas da MPB.

 

6 – Devo expor diplomas na parede e fotos da família?

 

Diplomas na parede do Consultório Médico

 

É preciso equilibrar a exposição de diplomas e títulos recebidos pelo médico. Talvez, o ideal seja colocar os certificados da graduação e da residência médica, além do título de membro da Sociedade da sua especialidade, lembrando que os Conselhos de Medicina permitem a divulgação de apenas duas. Além disso, é relevante expor alguns cursos importantes que tenha feito no exterior, notadamente na Europa e nos Estados Unidos. Ao longo do tempo, a preferência é que haja uma renovação, trocando os mais antigos pelos mais atuais. Todos com moldura e com a devida uniformização. Isto é importante para que o paciente possa ter plena consciência e confiança em seu médico.

 

Da mesma forma, com relação às fotos de familiares, deve-se evitar o excesso. A exposição da vida particular é algo que o médico deve avaliar com cautela.

 

7- Devo fazer tudo sozinho?

 

Contrate um decorador especializado em clínica e consultórios médicos

 

O ideal é consultar um profissional especializado para desenvolver e executar o projeto. Ele ouvirá o que você tem em mente e suas expectativas para, a partir daí, trabalhar enfocando aspectos de ergonomia e conforme as normas da Vigilância Sanitária em vigor. Bom gosto, praticidade e segurança são os três parâmetros da empreitada.

Cubee Neocontrol. Conceito diferenciado no controle da iluminação ao home theater

Conceito diferenciado e com design exclusivo Cubee Neocontrol é um dispositivo eletrônico que representa uma interface móvel para o acionamento de cenas nos sistemas de automação residencial. O Cubee possui seis faces com diferentes símbolos e cada uma pode ser associada a uma cena pré-configurada, que é disparada cada vez que a face correspondente for colocada para cima.

 Cubee neocontrol

Ao posicionar uma face do cubee para cima um comando será executado. Simples e fácil, o Cubee neocontrol dispensa o aperto de botões agrupando várias funções em uma só interface. Sua interação permite automatizar equipamentos como cargas de iluminação, home-theaters, projetores, cortinas entre outros equipamentos.

LEIA TAMBÉM  10 PONTOS IMPORTANTES PARA VOCÊ AUTOMATIZAR SUA CASA

COMO A AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL FACILITA SEU DIA-A-DIA

Imagine a situação: você acaba de chegar em casa depois de um dia puxado de serviço. Reclina-se no sofá, pega seu celular ou seu Tablet, e só com alguns toques coloca a sua música preferida para tocar, liga a televisão no seu canal preferido e ainda deixa a sua sala de estar em uma temperatura mais fria com o ar-condicionado, para compensar o calor que faz lá fora. Pode até parecer a narração de um filme, mas, não passa de pura tecnologia.

Além da facilidade de contar com esses comandos ao seu dispor e realizar todas essas atividades com apenas um clique, devemos também destacar que a automação residencial promove muito mais segurança e conforto para os residentes da casa.

 

INSPIRAÇÃO – UMA REFORMA DESCOLADA

O arquiteto Diego Revollo assina o projeto desse apartamento para um jovem solteiro em São Paulo. Com 90 m2, o imóvel originalmente tinha 3 quartos, sala, cozinha e dormitório de serviço. O dono do imóvel queria um apartamento prático, confortável e estava disposto a encarar uma reforma radical, já que não havia nada do original que devesse ser mantido.

“Na primeira visita ao apartamento ficou claro que a principal idéia seria a integração dos espaços e diminuição do número de compartimentos “ explica Diego

Um dos quartos foi eliminado, para ampliação da sala, onde um amplo living acomoda um sofa em L que pode receber os amigos ou ser usado para assistir filmes e series na tv, uma das paixões do proprietário. A cozinha foi totalmente integrada à sala, sem portas, com o fogão colocado em uma ilha, voltada para a mesa de jantar.

Os tons de azul, verdes e principalmente o tom petróleo foram escolhidos para dar mais personalidade ao projeto e por serem as cores preferidas do proprietário.